Política

Delação premiada: Tereza Cristina recebeu vantagens financeiras de Eduardo Cunha, afirma Funaro

Fonte: Airton Raes/TopMídiaNews em 19 de Outubro de 2017

André de Abreu/TopMídiaNews

Delator afirmou que deputada faz parte do grupo de parlamentares que recebeu vantagens de Cunha

O doleiro Lúcio Funaro, em delação premiada à Procuradoria-Geral da República, citou a deputada federal Tereza Cristina (PSB) como uma das beneficiadas pelo ex-presidente do Congresso, Eduardo Cunha, com recebimento de propinas ou algumas espécie de beneficio que trouxesse vantagens financeiras. "Todos esses deputados narrados tiveram negócios com o deputado Eduardo Cunha e receberam propina dele", afirma Funaro.

Ao ser perguntado sobre os parlamentares que faziam parte do grupo de Eduardo Cunha ou que estavam sob a influência do parlamentar, Funaro deu uma lista de parlamentares, também citando o nome de Tereza Cristina, mas explicou as diversas formas de benefícios que eles receberam.

"Essas pessoas depende do momento, estão em contextos. Todos eles receberam propina do deputado Eduardo Cunha ou receberam relatorias, CPIs, cargos dentro da Câmara, que permitiriam dentro da Casa aferir rendas", disse.

Lúcio Funaro continuou explicando as diversas formas de benefícios que os parlamentares poderiam ter recebido. Entretanto, não soube precisar quais benefícios Tereza Cristina recebeu.

"Eles podem ter ganhado dinheiro vindo do FGTS, medidas provisórias, presidência de Furnas, diretoria internacional da Petrobras. Dinheiro advindo de relatorias e comissão parlamentar de inquérito. A Distribuição era pela influencia politica do deputado Eduardo Cunha", disse.

A reportagem do TopMídiaNews entrou em contato com a deputada Tereza Cristina e sua assessoria, mas até a publicação da matéria não obteve resposta.