Política

Com DNIT, CEF e FIEMS prefeito trata de recursos para infraestrutura

Fonte: Assessoria PMC em 17 de Dezembro de 2017

Em reuniões com Caixa Econômica Federal, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (FIEMS), o prefeito Marcelo Iunes garantiu a viabilização de recursos para realização de ações na área de infraestrutura urbana de Corumbá e no segmento industrial do município. "Foi uma agenda bastante positiva em Campo Grande", afirmou o chefe do Executivo Municipal.

Na Caixa Econômica, Iunes apresentou a adesão de Corumbá ao programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) e ingressou com três projetos. Destinado a projetos de saneamento, energia, transporte e logística, o Finisa tem como princípios simplificar e agilizar os processos de concessão de crédito.

"Entregamos a carta de adesão ao Finisa num valor total de 5 milhões com três projetos de infraestrutura para atendermos com pavimentação e drenagem a região do bairro Aeroporto, no Conjunto Tiradentes; pavimentação de quatro quadras no bairro Popular Nova, sendo duas quadras na rua Edu Rocha e duas na rua Santa Catarina nas proximidades de um supermercado. O terceiro projeto é a construção da casa de acolhimento", informou o prefeito.

A reunião com o presidente da FIEMS, Sérgio Longen, tratou de ações que vão contar com participação da Federação das Indústrias, explicou o secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Ametlla. Ele acompanhou o prefeito nas três reuniões em Campo Grande, realizadas na semana passada. "Discutimos desenvolvimento de projetos de infraestrutura com participação efetiva da FIEMS em ações para drenagem e construção de auditórios, também. Uma nova reunião vai discutir concretamente esses projetos. Para 2018 esperamos começar a desenvolvê-los", disse Ametlla. Também participaram do encontro o vereador Rufo Vinagre e o deputado estadual Paulo Corrêa.

Com o superintendente regional do DNIT, Thiago Carim Bucker, o prefeito apresentou as intervenções que precisam ser feitas em dois pontos do Anel Viário da rodovia BR-262 que sofrem com alagamentos. "Na rua Rio Grande do Sul entre as ruas 21 de Setembro e Cyríaco de Toledo estamos com um ponto de alagamento. Reapresentamos o projeto e pedimos celeridade para que o DNIT autorize as intervenções. Entregamos o projeto e tivemos a comunicação do superintendente que será dado maior celeridade à liberação. O segundo ponto é na rua Marechal Floriano entre Rio Grande do Sul e Paraná, onde temos dois pontos de alagamento também", explicou Ametlla informando que também foi discutida a autorização para travessia na BR-262 para ligação do esgotamento sanitário das casas do conjunto Corumbella II.