Planejando a Aposentadoria

Por *Fabio Pexe

Você já começou a investir em sua própria previdência? Com as mudanças que o governo anda fazendo, muitos não sabem ainda, qual a real situação para se aposentar no Brasil. Se é que conseguirão aposentar.

Segundo pesquisas encomendadas por grandes empresas de investimentos mundo a fora, aproximadamente 44% dos entrevistados que possuem plano de aposentadoria independente do governo, cita pelo menos um tipo de patrimônio imobiliário. Para aqueles com mais de 35 anos, a proporção salta acima de 56%.

Lembrando que os imóveis citados são apenas para fins de investimentos, e não moradia ou lazer.

Ou seja, Imóveis combinam perfeitamente com estratégias de enriquecimento em longo prazo, por casarem rendimentos recorrentes com valorização do capital investido.

O curioso, segundo esta pesquisa, é que mesmo quem não cita imóvel como um ótimo investimento para a aposentadoria, gostaria de citar. Quando perguntado quais investimentos você imagina como ideais para compor um plano perfeito de aposentadoria? Adivinha a resposta... imóveis.

O brasileiro gosta de investir em imóveis, e tem razões históricas para justificar esse gosto. Há de ter razões futuras também.

Mas como tornar o investimento em imóveis, mais acessível? Uma dica são fundos imobiliários listados em Bolsa, os chamados FIIs (Fundos de Investimentos Imobiliários). Onde, por exemplo, a partir de R$ 5.000, você começa a aplicar em FIIs de maneira simples e vantajosa, recebendo alugueis mensais sobre uma parte de imóveis comerciais, residenciais, galpões, hospitais, escolas, hotéis, agências bancárias etc... Cinco mil? Sim... aqui imaginando que você fosse gastar quanto para se comprar um imóvel?

Sabe aquele predião na Av. Paulista que você adora ver decorado no Natal? Um pedaço dele pode ser seu, e você aluga esse pedaço para ganhar dinheiro todo mês. Assim fica mais fácil decorar seu próprio Natal em 2024.

Vale a pena pesquisar sobre o tema na íntegra. Fica a dica nestes dias de incertezas e de novas "normas" para aposentadoria, o que, para variar, vai dificultar ainda mais receber, o pouco que recebemos.... (*Publicitário, Pós graduado em Gestão de Mercados, MBA em Marketing, e membro da ASBPM)