Cantinho do Betão - RECEITAS BOTEQUIANAS XXIII

Por Roberto Maciel (Betão)

Vamos nós com mais algumas receitinhas práticas e baratas, muitas vezes aproveitando material já existente na geladeira.

AFOGADINHO DE LÍNGUA COM FEIJÃO ANDU E SELETA DE LEGUMES ( 10/11/2017)
Para esta, usei um pedaço de língua que havia sobrado de uma receita anterior, feijão andu e cheiro verde aqui da minha roça.
O que usei:
- uma xícara de feijão andu
- língua bovina cortada em cubos pequenos
- um sachê de seleta de legumes
- bacon em cubos
- cebola, alho, tomate e cheiro verde.
Como eu fiz:
Sempre que entro na cozinha para uma batalha com o fogão, já costumo deixar tudo no jeito: o feijão previamente cozido em 15 minutos de pressão, e os temperos devidamente cortados. Depois, com tranquilidade, faço a panela trabalhar.
Cubinhos de bacon deixando seu caldinho no frigideirão
Os cubos de língua, já amolecidos e devidamente temperados com sal e limão, vieram para o fritinho básico
Hora dos temperos: cebola em pedacinhos, alho fatiado e tomate cortado em cubos, vieram nessa ordem, para deixarem seus sabores e, juntos, por uns 5 minutinhos em fogo baixo, formarem o molho
A seguir, vieram a seleta e o feijão
Usando um pouco do caldo do feijão, "afoguei" os ingredientes em fogo baixo, até dar aquele ponto de umidade
Afrescalhei o prato para a sessão de fotos, usando o cheiro verde e 4 tomatinhos cereja.
.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.

Xandão, meu primogênito, chegou de Pernambuco para passar 10 dias conosco e, logo de cara, pediu comida pantaneira. Fiquei em dúvida entre carreteiro e um caribéu, mas acabei apelando para uma:

PAÇOCA PANTANEIRA À MODA DO BETÃO (17/12/2017)
Como eu não tinha nenhuma carne seca de minha própria produção, tive que comprar um pedaço de carne-de-sol e como o sol estava brilhando, soleei-a por mais dois dias para que ficasse no ponto em que eu gosto.
O que usei:
- carne seca desfiada
- cebola, alho
- bacon
- meio copo de cachaça com guavira
- castanha de bocaiúva moída
- farinha de mandioca
Obs. Não coloco medidas. Deixo tudo por conta de quem quiser fazer a receita.
Como fiz:
Amoleci a carne na pressão e desfiei cortei o bacon em pequenos cubos, piquei a cebola e fatiei o alho, deixando tudo preparado para desenvolver a receita em duas etapas Preparei o panelão com óleo e o bacon e quando o mesmo soltou seu sabor, agreguei a carne seca para o frito.
Para dar um saborzinho diferente, acrescentei à carne um cálice de cachaça com guavira, deixando ferver por uns minutinhos e desliguei o fogo numa frigideira, acrescentei óleo e bacon e quando este soltou o caldinho, coloquei a castanha de bocaiúva para uma rápida sapecada acrescentei a cebola e o alho e quando ambos aromatizaram o ambiente, coloquei a farinha Juntei a farofa no panelão da carne, aqueci por mais uns minutos, sempre mexendo tudo com uma colher de pau Servi o pitéu acompanhado com um suco de bacuparí.
.x.x.x.x.x.x.x.x.x.

Curtimos o Xandão por 10 dias: boteco, rango fora e a festança que substituiu a famosa ENTRADA NAS COXAS, da qual falarei em outro artigo.

Na noite pré-viagem, aproveitando um restinho da carne seca desfiada que sobrou da receita anterior e uns pedaços de mandioca que eu tinha no congelador, fiz:

CALDÃO DE MANDIOCA COM CARNE SECA (19/12/2017)
O que usei:
-carne seca desfiada
-bacon em cubos
-mandioca ferventada
-cebola, alho, tomate e pimentão picados
-limão, sal e cheiro verde
Como fiz:
Joguei o bacon na panela com óleo para formar o caldinho

Acrescentei a carne previamente temperada com uma banda de limão para o fritinho básico

Na ordem, agreguei a cebola, o alho, o tomate e o pimentão prá mode fazer o molhinho

Acrescentei a mandioca batida no liquidificador e deixei a panela fazer o serviço por alguns minutos dando sempre uma mexida para não grudar no fundo
No arremate final, o cheiro verde veio deixar seu sabor.
Obs: Xandão, após voltar de uma noitada de despedida com os amigos, não resistiu e caiu de boca em dois prataços de mais uma iguaria pantaneira.
Obs: o cardápio de recepção, foi um "macarrão de comitiva". (10/12/2017)