Carnaval 2017

Número 7 e seu misticismo é a aposta da escola de samba "A pesada"

Fonte: Nathalia Claro. em 31 de Janeiro de 2016

Renê Márcio Carneiro

A Escola de Samba "A Pesada" aposta todas as suas fichas no número 7 e todo seu misticismo para retornar ao grupo principal das escolas de samba do carnaval corumbaense. A agremiação será a segunda apresentar no domingo, 07 de fevereiro, e apesar do enredo atípico, "Pintando o 7: poderoso, místico ou divinal", a escola do carnavalesco Marquinhos promete levar para a avenida um desfile forte, levantar o público e conquistar o título.

Comandando o barracão, Marquinhos e sua equipe está trabalhando a todo vapor. Ele aposta na garra da sua comunidade para terminar tudo logo.

"Estamos na finalização de muitas alas e pretendemos entregar tudo com uma semana antes, para ficarmos somente com os detalhes e dando os últimos retoques no que precisar".
A escola já está com suas fantasias à venda e a um preço acessível, R$ 50,00 para todas as alas. Quem quiser conhecer um pouco mais da mística do número sete, é só comparecer aos ensaios no barracão da escola, de segunda a sexta-feira, às 20 horas.

Ficha Técnica

A Pesada foi fundada em 01 de outubro de 1970. Tem como presidente Ney Colombo e suas cores são o azul, amarelo, rosa e branco. Os carnavalescos são Betinho e Marcos.

Este ano o enredo é "Pintando o 7: poderoso, místico ou divinal". O samba enredo: "Pintando o 7: poderoso, místico ou divinal", composto por Victor Raphael, interpretado por Zuco (Eriveltom) e Macedo.

A escola vai para a avenida com 900 componentes, distribuídos em 12 alas. Serão quatro carros alegóricos, uma bateria com 100 ritmistas e a bela Samela como rainha, e Marcelo Varanis como mestre. Helinho e Tati Brasil formam o casal de mestre-sala e porta-bandeira. Maiores informações pelo telefone (67) 9606-1938.


Com informações da Prefeitura Municipal de Corumbá.