Carnaval 2017

Com paradona da bateria e muita cor, Vila se credencia ao título de 2016

Fonte: Assessoria de Imprensa PMC em 09 de Fevereiro de 2016

Kléverton Velasques/PMC

Segunda escola a se apresentar na segunda noite dos desfiles das escolas de samba de Corumbá, a Vila Mamona trouxe para a General Rondon um apresentação de quem fincou definitivamente o pé no grupo de aleite do Carnaval Cultural de Corumbá.

Coesa, animada e muito empolgada, a agremiação apresentou um desfile impecável. Com o enredo "Aquarela -o voo da águia numa viagem encantada ao imaginário mundo de Toquinho", a Vila elevou o nível das apresentações. Irretocável, a escola fundada em 1981 se credenciou na busca pelo decimo sexto titulo de sua longínqua história.

Já na comissão de frente 10 bailarinos mostraram a versatilidade e o colorido que a Vila apresentaria ao longo de suas 16 alas. Na primeira alegoria, além da águia, símbolo da escola, o Mundo de Toquinho foi apesentado público. O sol amarelo, o pinguinho de tinta e o lápis de cor, componentes da música mais famosa do compositor, vieram na sequencia.

A bela Nathassia Amaral, Rainha da Bateria, conduziu a bateria, um capitulo a parte no desfile. Com direito a um paradão de quase 2 minutos e muita energia, os ritmistas levantaram o publico presente em grande numero na General Rondon.

A linda gaivota, o céu e o mar, o norte e sul e o avião rosa a grená, também apareceram no enredo junto com o barquinho de papel, a musica e a magia. As baianas, muito bem vestidas, trouxeram a tona o lado infantil de todos nós.

O romantismo e a amizade, o disco voador e o castelo, o despertar da imaginação, o tempo e o enigma o futuro foram outras itens evidenciados pela Vila Mamona. Na ala Amigos da Vila - Implacavel Ação do Tempo, 30 componentes tradicionais da agremiação desfilaram o amor e a satisfação de ser verde, branco e vermelho.

O principal casal de mestre sala e porta bandeira, Marcio Karina, deram um show a parte. O desfile terminou com o carro Descolorirá, onde o destaque foi o baluarte Benevides, que representou Toquinho, o homenageado da noite.