Agronegócios

Mato Grosso do Sul fica entre os três estados com melhor cobertura vacinal contra febre aftosa

Fonte: Da Assessoria em 11 de Fevereiro de 2016

Divulgação

Mato Grosso do Sul ficou entre os três estados com melhor percentual de cobertura vacinal contra a febre aftosa na segunda etapa da vacinação, aponta levantamento divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Os produtores sul-mato-grossenses conseguiram imunizar 99,53% do rebanho, índice que fica atrás apenas de Mato Grosso, com 99,59%, e Goiás, com 99,77%.

Os índices atingidos no Estado ficaram acima da média nacional de cobertura vacinal, que ficou em 98,17% para o rebanho bovino e bubalino vacinados no segundo semestre de 2015. Três estados tiveram índice de vacinação abaixo de 90%. No Rio de Janeiro, a cobertura foi de 84,90%m, na Paraíba, de 87,51%, e no Amapá, de 87,58%.

Com um rebanho total estimado de 212 milhões de bovinos e bubalinos, a segunda etapa da campanha de 2015 não atingiu a meta de vacinar 150 milhões de cabeças, uma vez que em alguns Estados deveriam ser imunizados apenas animais até 24 meses de idade. Segundo dados do Departamento de Saúde Animal (DSA) do Mapa, o número de animais imunizados ficou em 147,2 milhões.

A segunda etapa da campanha nacional contra a aftosa foi realizada em 26 unidades da federação. Por ser livre da doença sem vacinação, Santa Catarina não imuniza seu rebanho. Veja aqui a tabela com os dados da vacinação contra aftosa no segundo semestre de 2015.