Agronegócios

Sindicato Rural, em parceria com a Connan, realiza palestra técnica com foco em nutrição animal

Fonte: Bruno Rodrigues em 02 de Maio de 2016

Divulgação

O Sindicato Rural de Corumbá realizou nesta última sexta-feira (29), por voltas das 20:00 horas, em parceria com a Connan - Companhia Nacional de Nutrição Animal, palestra técnica para trazer aos produtores rurais da região novidades a respeito de nutrição animal e sobre os trabalhos realizados pela empresa. Formando a equipe da Conna, estiveram presentes os zootecnistas Leopoldo Papiliasco - Gerente Regional, Carlos Roberto Paiva - Supervisor no Mato Grosso do Sul e Douglas Reggiori - Representante em Corumbá.

Luciano Leite, Presidente do Sindicato Rural de Corumbá, abriu a palestra falando a respeito do sucesso do grupo de compras do sindicato: "Durante os quatro anos que estamos trabalhando com o grupo, este ano (2016) foi a melhor compra que fizemos. Foram um milhão de vacinas adquiridas e o preço que nós pagamos esse ano teve uma diferença de um real na compra. Ano passado nós pagamos R$ 0,40 centavos em cada vacina para raiva e dessa vez pagamos R$ 0,14 centavos. Foi uma boa diferença e o grupo caminhando para formar uma cooperativa de compra. Lembramos que aos produtores rurais pantaneiros que campanha de vacinação da febre aftosa começa no dia 02/05 e até o dia 15/06 nós temos que estar com todo nosso rebanho vacinado."

Leopoldo Papiliasco, Gerente regional, realizou a palestra técnica e explicou aos presentes que a empresa tem investido em grandes tecnologias em parceria com as universidades e com a Embrapa, na fabricação testes de suplementos alimentares para o gado:

"Os produtos da Connan têm um grande diferencial no processo de produção, nós fabricamos o nosso próprio fosfato de cálcio, apenas mais uma empresa faz isso no Brasil, e ensacamos o produto pronto. Além disso, nós temos a tecnologia de aglomeração de nutrientes, em que todos os elementos são postos dentro de um reator para eliminação de toda água contida no produto através de um processo exclusivo nosso. O polinutriente aglomerado é resultado de um processo onde nós colocamos todos os nutrientes (os macro e micro elementos) em um único grânulo, mesmo nas partes mais finas do produto. Diferente do pó feito pela concorrência, onde todos os elementos estão livres e soltos, inclusive o sal branco, acarretando problemas à mucosa nasal dos animais. Nosso produto não empedra no cocho e, por isso, é mais econômico. Professor Enrico Lippi Ortolani, professor da USP, realizou uma pesquisa em que foi feita a comparação entre o produto empedrado e o produto livre, em pronto uso. O resultado foi a diferença gritante no consumo e no ganho de peso. Uma outra vantagem é que por ser granulado, esse produto é mais pesado do que o pó e sua perda por ação do vento é praticamente nula. O pó que se perde com o vento ou que empedra e é descartado, acaba sendo calculado como consumo e quando o produtor rural troca o produto em pó pelo granulado, percebe que há uma diminuição de consumo, quando o que está acontecendo é um melhor aproveitamento do alimento e, consequentemente, uma maior economia para o produtor rural e nutrição mais eficiente para o animal."

Leopoldo acrescentou também que a Embrapa firmou uma parceria com a Connan e que, até 2018, 80% de todos os trabalhos científicos que saírem da Embrapa serão feitos com produtos e tecnologia da Connan, ou seja, todos os produtos da Connan serão testados e validados pela Embrapa.

Depois da palestra, como é de tradição, o Sindicato Rural ofereceu a todos os participantes do evento um churrasco bem servido.