Cultura

MinC Resiste: ocupação pacifica no prédio do IPHAN em Corumbá já passa de 30 horas

Fonte: Luciana Ramires em 25 de Maio de 2016

Reprodução/Facebook

A ocupação simbólica na sede do IPHAN em Corumbá iniciada na manhã de terça-feira (24), já dura mais de 30hs. Durante a noite de ontem, o grupo se reuniu para fazer uma assembleia e discutir a manutenção e articulação da resistência do movimento, de políticas públicas e sobre retrocesso em avanços conseguidos no Ministério da Cultura.

A noite foi de muitas apresentações culturais com musica, dança e teatro, na fachada do prédio um cartaz com a frase "Corumbá Resiste" que dá nome ao movimento formado por pessoas que fazem parte da área cultural da cidade.
Segundo informações do grupo essa mobilização começou na semana passada com participação de milhares de artistas, agentes culturais, estudantes, e outros setores da sociedade, já ocupam prédios do Ministério da Cultura em 27 estados brasileiros.

Informações foram postadas nas redes sociais explicam a finalidade da ocupação, "a sociedade corumbaense e suas bases de movimentos populares, unida por seus agentes culturais vêem tal fato como um novo avanço pelas políticas públicas culturais neste país. Ao invés de ser uma vitória da nossa causa, o retorno do Ministério da Cultura representa apenas o primeiro passo de uma ofensiva que se ampliará para todos os campos da sociedade, no sentido de garantir as instituições conquistadas na nossa jovem democracia (muitas delas insuficientes, mas cruciais para a construção de uma democracia real)".

"As ocupações não visam apenas o retorno do Minc, o que sempre se exigiu, e se exige agora também, é a retomada do estado de direito, a volta da democracia, a reconstrução da legitimidade, a punição da corrupção, portanto, a legitimação da continuidade das políticas culturais conquistadas pela população brasileira" conclui o grupo.

A ocupação de prédios ligados a Cultura, começou na semana em várias regiões do país, principalmente depois do anúncio da decisão do Presidente Interino Michel Temer em transformar o Minc em uma secretaria ligada ao Ministério da Educação, mas que logo voltou atrás com a decisão devido às manifestações que estão ocorrendo em várias partes do Brasil desde semana passada.

Em Corumbá a sede do IPHAN está ocupada desde ontem, de forma pacifica e organizada, e não tem data certa para terminar.