Saúde

Colóquio sobre doença Falciforme discute as Redes de Atenção em Corumbá

Fonte: Assessoria PMC em 17 de Junho de 2016

Divulgação

Marcado para esta sexta-feira, 17, o sexto Colóquio sobre doença Falciforme para discutir a saúde e políticas públicas voltadas para a população negra. O evento será realizado no período das 14 horas às 17h30, no auditório do Sindicato Rural.

O colóquio tem como tema as Redes de Atenção em Corumbá. É uma realização da Associação Corumbaense de Pessoas com Doença Falciforme e outras hemoglobinopatias (ACODFAL), com apoio da Prefeitura. Vai reunir pessoas das áreas da saúde, educação, assistência social e controle social.

A abertura será às 14 horas e às 14h30 está marcada uma mesa redonda que vai tratar das Redes de Atenção (saúde, educação, assistência social e controle social). Quatro palestras estão previstas: a função da ACODFAL e suas linhas de Atendimento; a atenção básica nas redes de saúde; o acolhimento da pessoa com anemia falciforme nas unidades escolares; a assistência às pessoas com anemia falciforme.

Magna Martines, presidente da ACODFAL, informa que o evento marca também o Dia Mundial de Consciência sobre a Doença Falciforme, celebrado em 19 de junho, data estabelecida pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em 22 de dezembro de 2008.

A doença falciforme é uma doença hereditária onde se regista uma alteração dos glóbulos vermelhos do sangue. Com a membrana alterada, as células rompem-se mais rapidamente, provocando anemia. O deficiente transporte de oxigênio provoca também dores no corpo, problemas respiratórios, fraqueza, entre outros.