Saúde

Prefeito se reúne com secretário estadual de Saúde e entrega reivindicações da Santa Casa

Fonte: Assessoria de Imprensa PMC em 20 de Junho de 2016

Prefeito se reúne com o secretário estadual de Saúde.

Divulgação

Cumprindo agenda institucional em Campo Grande, o prefeito Paulo Duarte se reuniu nesta segunda-feira, 20 de junho, com o secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares. Durante o encontro, Duarte entregou ao secretário um documento com reivindicações da direção-clínica e da Junta Interventora que administra a Santa Casa de Corumbá, o maior hospital público de toda região pantaneira.

"Na semana passada recebi em meu gabinete os médicos que administram o único hospital público de Corumbá e Ladário. Eles me entregaram esse documento e me comprometi a repassar essas demandas pessoalmente para o secretário Nelson. Basicamente, são propostas para melhorar e ampliar os serviços oferecidos à população", afirmou Paulo Duarte.

Responsável pelo atendimento de corumbaenses, ladarenses e dos bolivianos residentes na faixa de fronteira, a Santa Casa só continua de portas abertas graças aos recursos repassados pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Corumbá.

"Hoje a Prefeitura repassa o dobro do valor que repassava à instituição em 2012. Mas ainda assim, esses recursos não são suficientes para, por exemplo, fazer as reformas necessárias no prédio, que é bastante antigo e ampliar o atendimento a todas as pessoas que precisam", complementou o prefeito.

Complexidade
Durante a agenda com o secretário estadual de Saúde, o prefeito Paulo Duarte lembrou das características diferenciadas nesta área de fronteira. "Não atendemos só os corumbaenses e ladarenses, mas também os nossos irmãos bolivianos. Por isso precisamos de um olhar mais amplo para nossa instituição", explicou.

Neste final de semana, por exemplo, um acidente automobilístico ocorrido em Puerto Quijarro, há 7 quilômetros de Corumbá, deixou mortos e vários feridos. Todas as vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa. Segundo a administração do hospital, seis precisaram passar por cirurgia e um com traumatismo craniano está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI).