Agronegócios

Uso de sêmen refrigerado será debatido no II Repronutri

Fonte: Assessoria de Imprensa Embrapa em 10 de Setembro de 2016

A reprodução assistida de bovinos será destaque em uma das palestras do II Repronutri - Reprodução, Produção e Nutrição de Bovinos: a pesquisa aplicada ao campo. O evento acontece nos dias 22 e 23 de setembro no hotel Deville, em Campo Grande. A pesquisadora Juliana Corrêa Borges Silva, da Embrapa Pantanal (Corumbá), vai abordar a melhora de resultados de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) quando o assunto é o sêmen.

Juliana explica que a eficiência da IATF depende de vários fatores, como a categoria animal (novilha, primeira cria e as que já pariram mais de uma vez), vaca parida ou solteira, o escore de condição corporal (magra, boa ou obesa, por exemplo), o protocolo hormonal utilizado e entre outros fatores, um tão importante é a qualidade do sêmen e efeito touro.

As pesquisas desenvolvidas por ela se concentram, atualmente, na qualidade do sêmen. Juliana vai apresentar resultados do projeto de pesquisa chamado +Cria, financiado pela Embrapa, e que retoma o uso de sêmen refrigerado, ao invés do tradicional sêmen congelado.

"Desde a década de 1970 tem-se usado o sêmen congelado. No caso da IATF, a coleta pode ser feita um dia antes, o que aumenta a taxa de prenhez em 10%", diz a pesquisadora. O uso do sêmen refrigerado é adequado para propriedades que queiram investir em touros melhoradores.

Juliana afirma que, mesmo usando sêmen refrigerado, as pesquisas têm observado a ocorrência do efeito touro. Trata-se de algum diferencial - ainda desconhecido - que torna o resultado de inseminação de um touro superior aos demais. As pesquisas na área de reprodução têm se dedicado a desvendar essa caracterização.

Outras dúvidas que as pesquisas precisam responder são a melhor temperatura para manter o sêmen refrigerado, o tempo de refrigeração e sobre o melhor diluidor para conservar o sêmen. "Atualmente o diluidor utilizado é o mesmo do processo de congelamento, podendo ou não ter glicerol (componente responsável por congelar a célula)", acrescentou.

Juliana Borges fará sua palestra no Repronutri na tarde de 22 de setembro. O simpósio é uma organização da Embrapa Pantanal, Embrapa Gado de Corte, Grupo Repronutri, Universidades Estadual e Federal de Mato Grosso do Sul (UEMS e UFMS), Universidade Anhanguera-UNIDERP e Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Serviço:
II Simpósio Repronutri - Reprodução, Produção e Nutrição de Bovinos: a pesquisa aplicada ao campo
Local: Hotel Deville - Av. Mato Grosso, 4250 - Carandá Bosque/ Campo Grande - MS
Data: de 22 a 23 de setembro
Horário: das 08h às 18h
Inscrições: www.fundapam.com.br/repronutri

Confira a programação:
Dia 22/09
08h00 - 09h00: Entrega de material e abertura
09h10 - 10h00: Cenário atual e perspectivas da pecuária no MS - Luciano Chiocheta/ Presidente IAGRO
10h10 - 11h00: Estratégias para melhorar a eficiência reprodutiva em rebanhos de corte - Pietro S. Baruselli/ USP
11h20 - 13h20: Almoço
13h30 - 14h20: Melhora de resultados de IATF quando o assunto é sêmen - Juliana Correa Borges Silva/ Embrapa
14h20 - 15h10: Projeto + CRIA e estratégias para produção de bezerros superiores - Ériklis Nogueira/ Embrapa
15h10 - 15h30: Coffee break
15h30 - 16h20: Novo programa novilho Precoce no MS e estratégias de produção - Rodrigo Gomes/ Embrapa
16h20 - 17h10: Espaço colaboradores
17h20 - 18h00: Mesa redonda

Dia 23/09
08h00 - 08h50: Nutrição x reprodução em bovinos de leite - Ricarda Maria dos Santos/ UFU
08h50 - 09h40: Estratégias para incremento da produção de embriões em MS - Fabiana A. Melo Sterza/ UEMS
09h40 - 10h00: Coffee break
10h00 - 10h50: Produção e congelamento de embriões - o que temos de novo? - Gisele Zoccal Mingoti/ UNESP Araçatuba
10h50 - 11h20: Mesa redonda
11h20 - 13h20: Almoço
13h00 - 13h50: Uso de touros melhoradores / Usando as informações da genética para aumentar a produtividade em gado de corte? - José Bento S. Ferraz/ USP
13h50 - 14h40: Manejo sanitário de bovinos - Iveraldo Dutra/ UNESP Araçatuba
14h40 - 15h00: Coffee break
15h00 - 16h15: Dados locais de campo (duração de 20 minutos cada):
. Criação de Brangus no Pantanal - José Lemos Monteiro (Zé Ito)
. Sistema de produção de gado de corte com integração ILPF - José Albino Zacarin/ Fazenda Santa Verginia
. IATF em larga escala associada a programa de melhoramento - Marcus Vinicius Back Ferreira/ Fazenda Sunsas
16h15 - 17h10: Espaço colaboradores
17h10 - 18h00: Mesa redonda
18h00: Encerramento