Eleições 2016

Forças Armadas vão atuar nas eleições em localidades de Corumbá e Porto Murtinho

Fonte: Ludyney Moura/Midiamax em 17 de Setembro de 2016

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pediu e o Ministério da Defesa aceitou o pedido de apoio para que militares do Exército, Marinha e Força Aérea Brasileira, deem apoio logístico em algumas localidades do país, incluindo quatro em Mato Grosso do Sul.

No município de Porto Murtinho as tropas das Forças Armadas atuarão nas aldeias de São João, Alves de Bairro e na colônia Cachoeira do Apa. Em Corumbá, os militares darão apoio logístico no distrito de Porto Esperança.

Uma portaria do Ministério da Defesa autorizando envio de tropas para localidades selecionadas pelo TSE já foi publicada no Diário Oficial da União.

Segundo o MD, há 22 anos a Justiça Eleitoral conta com o apoio logístico das Forças Armadas para locais de difícil acesso ou em situação de violência durante as eleições. Previstas para os dias 2 e 30 de outubro, as eleições municipais contarão com as Forças Armadas para transporte de pessoas e materiais utilizados durante a votação e apuração.

Alem das quatro localidades em Mato Grosso do Sul, o TSE também solicitou apoio para os Estado do Acre, Amazonas, Amapá e Roraima. Rio de Janeiro e Tocatinas também deverão receber militares para o dia do pleito.

Além do efetivo militar, também serão utilizadas aeronaves, embarcações e viaturas para o deslocamento até os locais de atuação das tropas. Os militares atuarão na garantia da ordem pública durante a votação e apuração das eleições, o que é previsto na Constituição.

Além do apoio logístico, as Forças Armadas, quando solicitadas, podem atuar na Garantia da Lei e da Ordem (GLO), no primeiro e segundo turno das eleições, com a finalidade de permitir que os candidatos entrem em redutos eleitorais com segurança, bem como no entorno da área de votação.