Eleições 2016

Pesquisa do Instituto Atualidade aponta eleição empatada em Dourados

Fonte: Helio de Freitas/CGNews em 30 de Setembro de 2016

Pesquisa do Instituto Atualidade, divulgada nesta sexta-feira (30), mostra empate na disputa pela prefeitura de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Segundo o levantamento estimulado, feito quarta-feira (28), a candidata do PR Délia Razuk aparece com 34% das intenções de voto. O candidato do PSDB Geraldo Resende tem 32% da preferência do eleitor e Renato Câmara (PMDB) está com 15%.

Wanderlei Carneiro (PP) tem 1,75% das intenções de voto e Ênio Ribeiro (Psol) aparece com 0,75% dos 400 entrevistados. Os votos em branco e nulos somam 6,5% e os indecisos ficaram em 10%.

O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número MS-00552/2016.

Espontânea - O equilíbrio na disputa se torna ainda maior na pesquisa espontânea, em que o entrevistador apenas aborda o eleitor e pergunta em quem ele pretende votar para prefeito, sem apresentar os nomes dos candidatos.

Délia Razuk foi citada por 26% dos 400 entrevistados, enquanto Geraldo Resende tem 25,25% da preferência dos eleitores, segundo o Instituto Atualidade.

Renato Câmara foi citado por 10% dos entrevistados na espontânea, Wanderlei Carneiro por 1,5% e o Professor Ênio por 0,25%. Conforme o levantamento, neste cenário os votos em branco e nulos somam 4,5% e os indecisos chegam a 32,5%.

Rejeição - Geraldo Resende é rejeitado por 34,5% dos entrevistados. Wanderlei Carneiro aparece com a segunda maior rejeição, de 33,75%.

Délia Razuk tem 31,75%, Ênio Ribeiro foi apontado por 31,50% e Renato Câmara por 29,75%. Outros 9,75% dos eleitores disseram não rejeitar nenhum dos candidatos e 5,75% não opinaram.