Fronteira

Bolívia reforça segurança na fronteira para barrar entrada de presos foragidos

Fonte: Marcus Moura/CGNews em 08 de Janeiro de 2017

Arquivo

Autoridades bolivianas estão reforçando o controle de entrada de pessoas na fronteira do Brasil com a Bolívia, na tentativa de evitar a entrada dos mais de 100 presos que fugiram das penitenciárias de Manaus (AM), após rebeliões e massacre na última semana.

De acordo com o portal El Deber, as medidas preventivas, com policiamento reforçado, acontecerão nas regiões de Corumbá, Puerto Quijarro, San Matias e São Inácio de Velascos, na Bolívia. O setor de imigração foi instruído a realizar o controle da entrada de brasileiros.

Em entrevista ao El Deber, o ministro de Governo Carlos Romero, confirma que existem acordos binacionais entre Brasil e Bolívia para reforçar o controle na extensa fronteira entre os dois países.

"Os oficiais envolvidos da Polícia boliviana, Federal e Civil, já coordenam e realizam troca de informações dos fugitivos, que podem entrar no país, para cometer crimes, colocando em perigo a seguridade da população dos dois lados", disse o ministro.

Ainda segundo Carlos Romero, a região de San Matias registrou a morte de 50 pessoas de nacionalidade boliviana e brasileira nos últimos dez anos, a grande maioria, acusados de assassinatos no Brasil que se refugiaram na Bolívia.

Em 2014, cinco pessoas ligadas ao PCC (Primeiro Comando da Capital) foram presas em Santa Cruz de La Sierra, por estarem portando armamento pesado no país.