Carnaval 2017

A Pesada vai retratar o povo brasileiro dos primórdios à atualidade

Fonte: Assessoria de Imprensa PMC em 03 de Fevereiro de 2017

Divulgação/PMC

O Descobrimento do Brasil é a aposta da Escola de Samba A Pesada para vencer o Carnaval 2017. Revivendo a história da nação brasileira, a agremiação desfilará o enredo, "De Cabral ao atual, um Brasil sem igual. Cultura, dança e miscigenação".

O tema promete surpreender os espectadores na Avenida General Rondon durante a segunda-feira(27) de carnaval. Seis carros alegóricos seguidos de 15 alas contarão desde a chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil até os acontecimentos atuais.

Ricardo Oliveira e Marcos Rorras são os responsáveis pelo enredo e garantem que o mesmo foi escolhido como forma de inovar na passarela do samba, "é um tema cheio de conceitos para explorar e optamos por ele para inovarmos na passarela do samba, já que retratávamos temas infantis", enfatiza Ricardo enfatizando que a população pode esperar por surpresas durante o desfile. "Os espectadores podem esperar o melhor da nossa escola, queremos o título e por isso vamos surpreender", acrescenta.

As alegorias e fantasias que darão um brilho a mais a apresentação da Pesada no desfile são assinadas pelo carnavalesco Betinho, "as nossas alas e fantasias vão retratar os detalhes de cada época. A história do nosso País será contada com beleza e autenticidade", afirmou comentando ainda sobre a confecção dos adereços por meio de reaproveitamento, "tanto ferragens quanto materiais restantes do carnaval anterior foram reaproveitados, não desperdiçamos nada".

Ao ser definido em Abril de 2016, o enredo "De Cabral ao atual, um Brasil sem igual. Cultura, dança e miscigenação" passou por diversas pesquisas e pela análise de historiadores, "estudamos junto com profissionais o nosso enredo, não queríamos correr risco de errar ou esquecer alguma coisa", disse o autor do enredo.

Planejamento Financeiro
Pretendendo esbanjar criatividade e beleza na passagem pela avenida, a diretoria da escola, bem como sua comunidade se juntaram em ações, como promoções, samba de domingo entre outras coisas, sempre realizadas na quadra da escola, localizada na Ladeira Cunha e Cruz, a fim de angariar fundos para a apresentação de 2017. "Além do repasse, contaremos com o lucro do esforço de toda comunidade para levar aos corumbaenses um desfile sem igual. A nossa escola está 60% pronta, conseguimos nos adiantar em consequência dos nossos planejamentos. Já os 40% faltantes serão dedicados a dar luxo e requinte para a escola",finalizou Ricardo.

Ficha Técnica

Data de Fundação: fevereiro/1970

Sede: Ladeira Cunha e Cruz

Presidente: Neidival Colombo

Carnavalesco: Betinho

Diretor de Carnaval: Dulcinéia Presa

Enredo: De Cabral ao atual um Brasil sem igual; "Cultura, dança e miscigenação. Assim surge a arte popular"

Autor do Samba-enredo: Shazam, Thiago Meiners, Rafael Tubino e Victor Alves

Mestre de Bateria: João Victor

Ritmistas: 100

Rainha da Bateria: Samya Cristine

Alas: 13

Componentes: 800

Mestre-Sala e Porta Bandeira: Kleber Costa e Cássia Kosta

Carros alegóricos: cinco mais tripé