Meio Ambiente

Cresce a captura de animais silvestres na área urbana da região

Fonte: Da Redação em 08 de Fevereiro de 2017

Divulgação/3ºGB

De acordo com o 3º Grupamento de Bombeiros Militar, somente nesse início de 2017 foram realizadas a captura de 39 animais nas áreas urbanas de Corumbá e Ladário, enquanto no ano de 2016 foram salvos 324 bichos, entre as espécies mais capturadas estão as cobras e aves.

Ontem, terça-feira (7), os Bombeiros realizaram a captura de duas serpentes e um Cagado, ouve ainda o resgate de um macaco-prego, porém, sem vida o animal morreu eletrocutado.

Por volta das 10 horas, um filhote de Cágado que estava andando na calçada da Rua Rubi no Bairro Previsul, foi avistado por moradores que acionaram os Bombeiros para a captura do réptil, o animal media 10 centímetros e foi entregue na Polícia Militar Ambiental.

Por volta de 12h30 uma Jiboia foi capturada na Avenida Rio Branco, no Bairro Vila Mamona, ela estava atravessando a via. A serpente de aproximadamente 1 metro e meio foi capturada pela guarnição de salvamento e solta em mata nativa.

Já às 16h39 outra cobra foi capturada na área central de Corumbá, foi uma Jararacuçu de aproximadamente 1 metro e meio, ela estava enroscada na grade de uma porta em uma residência, após captura a cobra venenosa foi solta em lugar seguro.

Às 15h36, os Bombeiros foram acionados para retirar um Macaco-prego da rede elétrica no Bairro Guarani, próximo ao Detran, o bicho acabou morrendo eletrocutado no padrão de energia.

De acordo com populares, a presença de macacos na área são frequentes, eles buscam frutos nas árvores como também alimento nas lixeiras. Os Bombeiros recomendam que em casos como esses, o correto é ligar no 193, para fazer a contenção e a captura dos animais. (Com informações do 3ºGB)