Ladário

Curso capacita comerciantes para trabalhar na Praça de Alimentação

Fonte: Assessoria PML em 18 de Fevereiro de 2017

Focada no ideal do bom atendimento e respeito às pessoas e ao meio ambiente, a Fundação Municipal de Cultura realizou hoje o primeiro curso voltado ao "Carnaval Eco Folia Ladarense 2017". Foi um encontro com os empreendedores que vão trabalhar nas barracas da Praça de Alimentação durante o evento que vai de 24 a 28 de fevereiro.

"Foi muito bem aproveitado, principalmente na questão de descarte de resíduos sólidos", disse Antoninha Guimarães Farias, presidente da Fundação Municipal de Cultura, responsável pelo evento. Segundo ela, no curso foram abordadas questões ambientais, sanitárias e de segurança, com a presença de técnicos, biólogos e do pessoal do Corpo de Bombeiros.

O descarte de carvão e cinzas, de óleo de fritura e restos de alimentos, foi abordado nas palestras. "E tentamos levantar neles a consciência de que, responsáveis por cuidar do que é nosso, somos todos nós e não somente o poder público", afirmou Antoninha.

Ao todo, 50 barracas serão montadas na praça, 16 delas foram direcionadas para os blocos oficiais, como uma forma de incentivo financeiro, já que a Prefeitura não está repassando verba para as agremiações. "Com isso, cada bloco terá como levantar o dinheiro necessário para a estrutura, como aluguel do local da concentração, contratação de som e de cantores", explicou o prefeito Carlos Ruso.

"Nós vamos colocar uma barraca com sarravulho e bobó de galinha", adiantou Lucílio de Arruda Barbosa, o seu Alemão, do Cordão Carnavalesco Chuva de Prata. "Já é o sexto ano que nós participamos e a gente já sabe quase tudo, mas é sempre bom, sempre proveitoso", disse ele.

O Chuva de Prata é o único Cordão Carnavalesco de Ladário. Os cordões são as manifestações mais antigas do carnaval que se tem notícia. Eles nasceram com os escravos, que seguiam a realeza cantando e dançando, para a missa, aos domingos. Vestidos com as roupas usadas e surradas dos nobres acabaram formando um bloco que hoje representa a nobreza e suas vertentes no carnaval ladarense.