Carnaval 2017

Magia, marchinhas e sambistas embalam Bailinho do Moinho

Fonte: Assessoria Moinho em 25 de Fevereiro de 2017

Pintura artística no rosto e números de magia divertiram crianças no Bailinho do Moinho.

Moinho Assessoria

Mágico, malabares, pintura artística no rosto, integrantes da bateria da Vila Mamona, pipoca quentinha, teve de tudo um pouco e a criatividade marcou o Bailinho do Moinho, promovido pelo Instituto Moinho Cultural nesta sexta-feira de Carnaval, 24, em sua sede, no Porto Geral.

Crianças, adolescentes e jovens, integrantes das ações sociais e educacionais que movimentam o Moinho pela manhã e à tarde no contraturno escolar, se divertiram embalados pelas marchinhas de Carnaval em um ambiente sereno e com muita harmonia.

Com números especiais que prenderam a atenção e a respiração dos pequenos foliões, o mágico Guido foi uma atração à parte, ao lado do palhaço Bozo, de um perna-de-pau malabares e da bandinha Moinho.

Colaboradores do Moinho ajudaram a colorir rostinhos e braços e realçar as fantasias de super-heróis, bailarinas, fadas e bruxinhas, piratas, zorros e jogadores de futebol, entre outras destaques do salão de festa. Integrantes da bateria da escola de samba Vila Mamona tocaram o samba-enredo da agremiação e reforçaram a folia.

O Moinho Cultural, tendo a Vale como principal parceira, mantém 280 crianças, adolescentes e jovens de Corumbá, Ladário e das cidades bolivianas da fronteira, Puerto Quijarro e Puerto Suarez, em aulas de dança, música, cidadania, tecnologia, idiomas e apoio escolar. Nesta semana, o instituto promoveu a palestra com o tema Identidade, ministrada pelo professor e jornalista Schabib Hany.