Carnaval 2017

Com o enredo baseado na sorte, Vila Mamona é a vencedora do Carnaval 2017

Fonte: Da assessoria PMC em 01 de Março de 2017

Renê Marcio Carneiro e Gisele Ribeiro/PMC

A Vila Mamona foi a grande campeã do Grupo Especial da Liga Independente das Escolas de Sambe de Corumbá (Liesco). Na apuração, realizada nesta quarta-feira na avenida General Rondon, a escola de samba somou 159,4 pontos, 0,2 pontos a mais que a Mocidade Independente da Nova Corumbá, segunda colocada. A Império do Morro, com 158,9 pontos, ficou na terceira colocação, seguida pela A Pesada (158,8) e Marquês de Sapucaí (157,9).

O presidente da escola campeã, Marcelo Toledo, fez questão de dividir a conquista com a comunidade. "Agradecemos a toda comunidade, as pessoas que trabalharam, junto com agente, que estiveram lá no dia a dia chorando, curtindo e resolvendo todas as questões. Foi maravilhoso. Agora é curtir a vitória", afirmou.

No Grupo de Acesso, a vencedora foi a Estação Primeira do Pantanal, com 159,4 pontos. A Caprichosos de Corumbá foi a segunda com 158,1 e a Acadêmicos do Pantanal a terceira, com 157,1. A partir de 2018 a Liesco definiu que todas as agremiações participarão de um grupo único, sem acesso e sem rebaixamento.

Flor de Corumbá e Nação Zumbi são campeões do Carnaval de Corumbá
O Flor de Corumbá foi o grande campeão entre os cordões do Carnaval de Corumbá. A agremiação somou 240,5 pontos na soma dos avaliadores, contra 228,5 do Cinelândia, segundo colocado, e 224 pontos do Cravo Vermelho, terceiro. O Paraiso dos Foliões ficou na quarta posição com 220,5 pontos.

Os jurados avaliaram os quesitos fantasia e alegoria, standart e porta standart, rainha e príncipe, e harmonia e tenoras. "Sem educação não há nada, por isso homenageamos uma pedagoga, minha esposa, a paixão da minha vida", comentou o presidente do cordão campeão, Joel Fernandes Silveira.

"É uma emoção diferente, uma emoção nova. As pessoas que estão comigo são todos foliões, todos com família de Corumbá", concluiu Joel, que está à frente da instituição há sete anos e há seis consecutivos é o grande vencedor do mais tradicional carnaval de toda a região Centro-Oeste.

Entre os blocos, o grande campeão foi o Nação Zumbi, com 80 pontos. O grupo levou para a avenida um pouco do Carnaval de norte ao sul do País. "Nós estamos trabalhando faz tempo para conquistar esse resultado. E vamos continuar trabalhando para, no ano que vem, voltar e fazer ainda melhor", declarou Reinaldo Báh, diretor do bloco.

Foi o primeiro título do Nação Zumbi. O segundo lugar foi para o Praia, Bola e Cerveja. O bloco empatou com o Nação, mas perdeu no critério de desempate melodia. Na terceira colocação veio o Clube dos Sem, com 79,8 pontos.