Educação

Ministério Público vai investigar a diferença na merenda oferecida aos alunos e professores na zona rural

Fonte: Da Redação em 09 de Março de 2017

Ilustração

Para as crianças só biscoitos, já os professores e funcionários terceirizados biscoitos e frutas....

Foi publicado no Diário Oficial dessa quinta-feira (09) do Ministério Público Estadual (MPE), pela 7ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude da comarca de Corumbá, a abertura de Inquérito Civil nº 7/2014.

Segundo consta, o MPE vai apurar a notícia de eventual existência na diferença de merenda escolar nos assentamentos rurais Paiolzinho, Tamarineiro I e II e Jagadigo, quais sejam, enquanto alunos recebem apenas biscoitos, funcionários da escola e da empresa terceirizada recebem, além dos biscoitos, frutas.