Ladário

Saúde mobiliza população ladarense, no Dia Mundial do Rim

Fonte: Assessoria de Imprensa PML em 09 de Março de 2017

Divulgação/PML

A Secretaria Municipal de Saúde fez uma mobilização hoje de manhã na Praça do Coreto, na Avenida 14 de Março, para conscientizar as pessoas sobre as doenças renais, muito mais comuns do que se possa imaginar, mas ainda uma incógnita para muita gente, até mesmo por falta de informação.

Os profissionais da saúde aferiram pressão, fizeram teste de glicemia e elaboraram até uma aula de alongamento ao ar livre para mostrar que a prevenção pode ser o melhor caminho. Além disso, foram distribuídos panfletos sobre alimentação saudável em uma blitz educativa que contou com o apoio dos agentes municipais de trânsito que estão sempre presentes nos eventos da Prefeitura Municipal de Ladário.

"A importância desse evento é a gente trabalhar a conscientização da população, na prevenção de doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, doenças que podem levar à falência renal que é uma situação extrema para o paciente, ter que passar por sessões de hemodiálise e que é uma coisa prevenível" explicou Simone Fernandes, gerente de Atenção em Saúde.

Simone disse ainda que existem 14 pacientes de Ladário fazendo hemodiálise em Corumbá, através do Sistema Único de Saúde (SUS). No total, cerca de 30 pessoas fazem a diálise, que consiste em retirar o sangue do organismo e passá-lo por uma máquina que limpa as toxinas e elimina o excesso de água acumulado no corpo, função que é dos rins, quando eles estão em perfeito estado de funcionamento.

Vários fatores podem levar à falência renal, mas os principais são a diabetes e a hipertensão. "É por isso que, normalmente, o hipertenso tem que tomar diuréticos, porque os rins não estão funcionando normalmente e é necessária a ação do medicamento para que a água seja eliminada do corpo", alertou Simone, afirmando que, "entretanto, é necessário sempre procurar um médico, porque a ingestão de medicamentos sem a prescrição médica, também pode causar a falência renal".

Outros fatores apontados durante a ação como primordiais foram a alimentação saudável e a atividade física. Um panfleto distribuído à população indicou o consumo de alimentos in natura, de preferência regionais ou da estação, a diminuição da gordura e do sal, e o espaçamento correto de tempo entre as refeições. Os panfletos estão disponíveis para quem quiser, na Secretaria Municipal de Saúde.

A atividade física, mesmo que alguns alongamentos e pequenas caminhadas é uma grande parceria para prevenir e até tratar doenças cardiovasculares. O município oferece programas de atividade física gratuitos, e até mesmo hidromassagem, no Centro de Referência em Assistência Social (Creas), no bairro Mangueiral.

"Esta é uma prioridade da nossa administração, oferecer saúde para o nosso povo", disse o prefeito Carlos Ruso, que aproveitou para aferir a pressão e medir a glicemia. "É muito importante o comparecimento das pessoas aos postos de saúde para fazer seus exames, nem que sejam os de rotina, de seis em seis meses", disse ele.

Segundo o prefeito, existem duas áreas na saúde que têm recebido atenção especial, a dos medicamentos, onde a Farmácia Municipal está funcionando diariamente até às 11 horas da noite, inclusive aos sábados, domingos e feriados, e a dos exames para prevenir as doenças. "Principalmente os exames de pressão e da diabetes, a diabetes considerada a doença do século, o mal do século, então a gente pede para a população comparecer mesmo aos postos. O exame é rápido, é indolor, o resultado sai na hora e, se feitos com frequência podem manter a população saudável", concluiu.