Fronteira

Mato Grosso do Sul quer intensificar turismo de fronteira com a Bolívia

Fonte: Assessoria Fundtur em 31 de Março de 2017

A 23ª Feira Internacional de Turismo da Bolívia (FIT) foi palco do Encontro de Turismo de Fronteira Bolívia/Mato Grosso do Sul. Quarenta e quatro representantes do turismo sul-mato-grossense discutiram ações conjuntas de integração com a Organização e Gestão do Destino Turístico de Santa Cruz (OGD), órgão que reúne lideranças públicas e agentes privados do setor turístico boliviano. A reunião aconteceu nessa sexta-feira (24), em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

O evento deu continuidade às tratativas sobre o desenvolvimento do turismo de fronteira. Os debates evidenciaram o interesse comum em aumentar o fluxo de turistas entre os destinos.

Na oportunidade, foram discutidos assuntos relacionados à integração de ações para o desenvolvimento do turismo, o fortalecimento do corredor turístico, cooperação e estratégias de promoção, acessibilidade, serviços turísticos, roteiros turísticos binacionais, entres outros assuntos pertinentes ao setor. Todas as demandas incluem o alinhamento de políticas públicas e o fortalecimento de negócios integrados entre setores públicos e privados do setor.

Segundo a diretora presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, Marju Azambuja Venturini, o evento fortaleceu "as relações entre Corumbá e a Bolívia. Também alinhou estratégias de integração dos negócios turísticos, visando conexão e futura comercialização de novos roteiros na faixa de fronteira Brasil-Bolívia, importante portão internacional de entrada de turistas, que é reconhecido e monitorado pelo Ministério do Turismo", ressaltou.

Participaram do encontro, representantes do Governo do Departamento de Santa Cruz de La Sierra, representantes do turismo dos municípios de San José de Chiquitos, San Ignácio de Velasco, Roboré e Puerto Suarez e representantes do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Fundação de Turismo, dos municípios de Campo Grande, Aquidauana, Bodoquena, Bonito, Corumbá, Miranda entre gestores, técnicos e empresário do setor.

A convite do Secretário de Turismo de Bonito Augusto Barbosa Mariano, a próxima reunião deve acontecer em Bonito, a data ainda será definida.

Feira Internacional
Durante três dias o turismo sul-mato-grossense foi divulgado e comercializado na 21ª Feira Internacional de Turismo da Bolívia (FIT). A ação foi promovida e organizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) e da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur). Considerado o mais importante evento de turismo do mercado boliviano, a edição aconteceu na cidade de Santa Cruz, entre os dias 23 a 25 de março.

Mariana Rondon, técnica da Secretaria de Turismo de Campo Grande, considerou importante a participação de Mato Grosso do Sul na FIT Bolívia. "Pela urgente necessidade desse diálogo sobre as facilitações para o fortalecimento do corredor turístico Brasil/Bolívia; assim como pela manutenção da aliança institucional entre os governos, para que possa haver uma efetiva integração dos países para o desenvolvimento do turismo de fronteira", destacou.

Para o representante do trade turístico de Bonito, Breno Teixeira, a participação na feira foi mais uma oportunidade para consolidar novos contatos e negócios com os operadores do mercado boliviano. "Oportunidade também de interação entre os participantes das diversas cidades que compõem a Rota Pantanal/Bonito, tanto gestores quanto empresários, agentes importantes na promoção e auxilio aos turistas que visitam nossa região e passam pelas cidades, também na indicação de serviços e melhorias de infraestrutura e atendimento o público", garantiu.

A delegação de Mato Grosso do Sul composta por 44 representantes do turismo sul-mato-grossenses participou do evento apresentando os roteiros, equipamentos e atrativos turísticos do Estado. Onde foi possível estreitar laços comerciais no mercado, efetuar contato direto com os mais diversos públicos do setor e promover a imagem dos produtos.

Dados
A Bolívia é um importante emissor de turistas para Mato Grosso do Sul por fazer fronteira com o país. O fluxo de entrada pela Bolívia em Corumbá registrou um grande crescimento em 2016 ficando como o primeiro emissor, enquanto em 2015 registrava a 25ª posição e o 6º emissor para Bonito.

De acordo com os indicadores do Turismo Receptivo Internacional (Anuário Estatístico de Turismo 2016 - Ano Base 2015), referentes à entrada de turistas estrangeiros por Corumbá e Ponta Porã, a Bolívia é o principal destino emissor de turistas para o estado (27.756 turistas), o segundo maior emissor é o Paraguai (20.636 turistas).

No início do ano a pesquisa foi realizada nas fronteiras e assim que finalizado será divulgado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e o Ministério do Turismo. A pesquisa teve apoio da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Órgãos Municipais de Turismo, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Receita Federal.

Os dados da pesquisa serão divulgados no site especificamente nas seções Anuário e Demanda - Demanda Internacional.