Geral

Menina que caiu no Rio Aquidauana foi achada a 3 km do local em que sumiu

Fonte: Ricardo Campos Jr./CGNEWS em 06 de Abril de 2017

O corpo da menina de 11 anos que estava desaparecida há 20 dias no Rio Aquidauana, encontrado nesta quinta-feira (6), estava a cerca de três quilômetros do ponto em que havia sido vista pela última vez. Laura Freitas estava passeando com o padrasto e caiu na água quando o motor da embarcação deu um solavanco.

Segundo o Corpo de Bombeiros, uma equipe que trabalhava nas buscas estava a 300 metros da Ponte Boiadeira em Aquidauana, fazendo ondas na superfície para fazer o cadáver boiar. Um ribeirinho avistou a criança e alertou a corporação.

A corporação informou que Laura estava em avançado estado de decomposição. A Polícia Civil foi acionada para os levantamentos de praxe e encaminhou o cadáver ao IML (Instituto Médico Legal).

O caso foi considerado atípico pela major do Corpo de Bombeiros do sub-grupamento de Aquidauana, Geísa Maria Romeiro porque em geral os corpos são encontrados em dois dias.

"Em geral os corpos tendem a boiar em 48 horas, até devido a liberação de gases. As buscas concentram nesse período na região onde aconteceu o acidente e conforme os dias passam, o espaço é ampliado, mas em geral, mesmo após uma semana não é normal que o corpo ultrapasse 17 km do local do acidente", relatou a comandante.

Foram mobilizados pelo menos 50 militares, além de integrantes do Exército e da Marinha.