Cidade

Vale promove exposição para marcar seus 40 anos no Mato Grosso do Sul

Fonte: Da Assessoria em 08 de Abril de 2017

Na quinta-feira (6), a Vale dará início à Exposição "Vale no Mato Grosso do Sul: há quatro décadas superando desafios e construindo o futuro", no Museu de História do Pantanal (Muhpan), localizado no Porto Geral, em Corumbá. A exposição retrata a atuação da Vale na região durante essas quatro décadas, por meio de painéis fotográficos temáticos e exibição de acervo pessoal dos empregados e ex-empregados, como medalhas, crachás e uniformes, entre outros.

A mostra gratuita seguirá aberta ao público no local por tempo indeterminado. O Muhpan funciona de 13h às 17h30, de terça a sábado. Em um segundo momento, os painéis serão expostos de forma itinerante, em comunidades e escolas da região.

A exposição apresentará os painéis temáticos "Nossos primórdios", "A Vale e as crianças", "A Vale e seus empregados", "A Vale cidadã", "A Vale na sociedade", "Momentos marcantes", "Rio Paraguai: águas que contam histórias" e "Personalidades: história que vale contar".

A iniciativa integra o calendário de comemorações dos 40 anos da presença da Vale no Estado, iniciadas em abril de 2016, que também incluiu um concurso de desenho e poesia para estudantes do ensino fundamental e médio, em parceria com as secretarias de Educação de Corumbá e Ladário; a revitalização da centenária "Mina dos Belgas", cuja lavra foi iniciada em 1907; o apoio financeiro para a conclusão do conjunto habitacional Corumbella II, que beneficiará cerca de 220 famílias; a entrega de uma vagoneta para compor o comboio carregado com minério de manganês atualmente em exposição na Praça da República; a renovação do patrocínio ao Instituto Moinho Cultural Sul Americano, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Lei Rouanet, beneficiando mais de 1.500 crianças e jovens corumbaenses, ladarenses e bolivianos; a implantação do Programa Proteger é Preciso, uma iniciativa da Vale e Fundação Vale que visa combater a exploração sexual de crianças e adolescentes da região, assistindo cerca de 10 mil menores direta e indiretamente; e a consolidação do Programa Comunidade Participativa (PCP), que apoia iniciativas de geração de renda, capacitação profissional e proteção social há 10 anos, beneficiando 87 instituições e aproximadamente 2 mil pessoas; entre outras.