Ladário

Caminhada marca inclusão social de alunos especiais da REME

Fonte: Da assessoria PML em 11 de Abril de 2017

Divulgação/PML

Uma caminhada alegre e animada na manhã desta terça feira, agitou o centro de Ladário que parou para comemorar com os estudantes, o trabalho de inclusão social que vem sendo feito na Rede Municipal de Ensino. "A Educação Inclusiva: A Escola e a Diversidade", foi o tema da caminhada que reuniu centenas de estudantes, pais, professores e profissionais da educação, que deram uma volta pela Avenida 14 de Março, puxados por duas fanfarra, a dos alunos da APAE e a dos estudantes do Centro de Referência em Assistência Social.

O prefeito Carlos Ruso e a primeira dama Edelma, caminharam ao lado da secretária de Educação, Sara Almeida e do assessor de comunicação da prefeitura, Rodrigo Arruda. A equipe quis demonstrar a importância dos investimentos em educação especial que aumentou o número de salas de aula e de profissionais, este ano na REME.

"Hoje nós temos atendimento educacional especializado em quatro escolas, com cinco salas, anteriormente eram somente duas" disse a coordenadora do Núcleo de Inclusão Social, Ana Paula da Silva. A equipe de inclusão é formada pela coordenadora, uma psicóloga, uma pedagoga e uma fonoaudióloga, além das professoras das alas de AEE.

As salas funcionam nas escolas Francisco Mendes Sampaio, com duas professoras, João Baptista, Marquês de Tamandaré e Nelson Mangabeira. "Hoje nós atendemos 67 alunos com laudos e temos outros 122 que estão fazendo exames clínicos, porém, nós temos outros que não foram avaliados ainda, porque estão passando pelo estágio de sondagem pelos profissionais da educação", Os laudos são emitidos por entidades certificadas e atestam a necessidade de tratamento especial para o estudante.

Os professores da educação especial são responsáveis pelo acompanhamento diário dos estudantes. Eles trabalham para estimular os alunos a desenvolverem atividades normais, dentro de suas limitações. Além deles, os outros profissionais também dão atendimento individual e buscam o melhoramento do desempenho de cada criança.

"A gente acompanha esses alunos, no meu caso, a parte psicológica, eu vou até as escolas, converso com os professores, faço orientação, com os pais também e fazemos um trabalho diretamente com o aluno para ajuda-lo no contexto escolar", explicou Manuele Monteiro de Oliveira Muller, psicóloga do núcleo.

Para Manuele, um dos maiores problemas hoje para tratar o aluno especial, é vencer o preconceito da família. "A gente enfrenta resistência da família e temos que enfrentar essa barreira para ajudar os estudantes, já que nem sempre ela contribui, apesar de ter um papel principal e primordial no início do desenvolvimento da criança, a família é importante", enfatiza a psicóloga.

Um dos maiores desafios do núcleo hoje é justamente trazer a família para perto da escola e dos filhos que são o principal alvo da educação especial. Quebrar os tabus são metas constantes dos profissionais que trabalham com a inclusão. "E são muitos, mas o principal é o rótulo de que psicólogo trabalha com loucos. Os pais resistem, dizendo que não vão conversar com os psicólogos porque os filhos não são loucos, e não é essa a perspectiva, nós trabalhamos para ajudar o ser humano em toda a sua potencialidade", afirmou Manuele.

Para Daniele Costa Ibarra, fonoaudióloga do Núcleo de Inclusão, "é gratificante trabalhar com eles, os alunos devolvem mecanismo de compreensão e estão totalmente abertos a várias funções". Segundo ela, a atividade é um desafio dos melhores a serem batidos e depende de muito diálogo e compreensão. "Nós orientamos a família, os professores e dentro dos nossos prazos conseguimos alcançar o desenvolvimento satisfatório", afirmou.

A Semana da Inclusão Social na REME só termina amanhã. Os professores prepararam um dia de atividades para os alunos. Será na Escola Municipal 17 de Março, no centro da cidade. Será o encerramento com "chave de ouro" da semana que mostra que Ladário tem compromisso social e abre cada vez mais as portas da educação para a inclusão.