Política

Paulo Duarte vai interpelar criminalmente o atual secretário de infraestrutura por declarações

Fonte: Da Redação em 19 de Abril de 2017

Para Paulo Duarte, Ricardo Ametla é um “Menino de Recados” de quem não tem coragem de colocar a cara.

O ex-prefeito Paulo Duarte utilizou as redes sociais para responder ao atual Secretário de Infraestrutura Ricardo Ametla devido a declarações feitas em um site de notícias da Capital, referindo ao trabalho de regularização fundiária realizada em seu governo. Duarte refere-se o secretário como "Menino de Recados".

Confira na integra a postagem de Paulo Duarte:
Após quase 4 meses de conclusão do meu mandato de prefeito de Corumbá e tendo entregue a administração com as contas em dia, saldos positivos nas contas da prefeitura, salário de dezembro e 13º pagos antecipadamente (tudo documentado e entregue ao MPE) tenho respeitado e evitado me manifestar sobre o que vem acontecendo na cidade a partir de 1º de janeiro desse ano. Mas é impressionante a capacidade(?) da atual gestão da cidade em ficar olhando para o retrovisor e inventando mentiras o tempo todo ao invés de administrar a cidade.

A última é sobre o trabalho de regularização fundiária feito na minha administração com todo critério, respaldado em lei e acompanhado por todas as instituições, inclusive pela Defensoria Pública. Quero dizer ao Sr. Ricardo Ametla (atual secretário de infraestrutura e sub-secretário da mesma pasta na minha gestão), que tem atuado como menino de recados de quem não tem coragem de colocar a cara e manda seus prepostos ficarem inventado mentiras para tentar tirar o foco da atual administração, que farei uma interpelação criminal para que confirme o que teria dito num determinado site hoje (17/04).

Lamento que num momento de crise profunda e que a cidade precisa de trabalho, os atuais administradores da cidade branca insistam em ficar lembrando sempre de mim e de minha administração. Estou em paz e com a consciência tranquila do dever cumprido nos 4 anos que fui prefeito, sem operações da PF e sem secretários presos.

Ao Invés de viverem da fofoca e mentira, tentem trabalhar um pouco e procurar honrar o mandato que uma parcela da população Corumbaense lhes concedeu. A eleição acabou faz tempo.