Necrológio

FALECEU SILVA NETO (TIM)

Fonte: Adolfo Rondon em 18 de Maio de 2017

Josefina Por Deus e Silva Neto.

Arquivo Correio de Corumbá

O CÉU ESTÁ EM FESTA PORQUE SILVA NETO O NOSSO QUERIDO TIM PEDE PASSAGEM E ESTÁ CHEGANDO PARA ABRAÇAR CLIO PROENÇA E DEMAIS AMIGOS QUE LÁ ESTÃO. CORUMBÁ CHORA SUA PARTIDA.

SILÊNCIO NOTURNO. Psiu, o TIM está dormindo o sono eterno, dos justos está se despedindo dos seus entes queridos, amigos e amigas para seguir rumo ao Reino de Deus, onde Rubens de Castro o Baiano com uma placa na mão está te esperando: "TIM, O CÉU LHE DIZ SORRINDO, PODE ENTRAR A CASA É SUA, SEJA BEM VINDO".

O Professor CLIO PROENÇA já está lhe dizendo: "COMPADRE, CHEGA MAIS, a roda está sendo formada, traga seu violino para juntos cantarmos a nossa "CANTIGA DE AMOR A CORUMBÁ" e "PRÁ NÃO DIZER QUE FALEI DE PROTESTO", aliás, o que mais está tendo aí nesse nosso Brasilzão de Deus, de norte a sul".

Vem compadre, porque o amigo WILSON MELQUÍADES, Wilson Tôco está pronto para cantar na nossa roda: Miraí, a PROFESSORINHA QUE NOS ENSINOU O BEABÁ, aliás, ela também já está aqui. O nome dela? CLÁUDIA BARROSO DIZ: "SEU NOME NÃO DIGO". Segura na mão de Deus e vem amigo. BADU e SEBASTIÃO ALEXANDRE, irmão do Geraldo Super G já estão ensaiando o "CAMINHO EU". E o nosso eterno repórter ANTÔNIO ÁVILA de microfone na mão já está lhe acenando e irradiando: "TIM, pode vir que a criançada já está com a roda formada lhe esperando para você sentado ao centro contar estórias iniciando com o clássico: "ERA UMA VEZ..." o título de uma de suas obras literárias editada em 1995 na nossa amada CIDADE BRANCA, CORUMBÁ, QUE FICA NO ALTO DA BARRANCA E IGUAL NÃO HÁ, NEM CÁ NEM LÁ".

Livro de Silva Neto (TIM) e ao lado Clio Proença

É COM PROFUNDO PESAR QUE COMUNICAMOS O FALECIMENTO NA TARDE DE ONTEM, DIA 17 DE MAIO DE 2017, DO GRANDE POETA, ESCRITOR, TROVADOR, CONTADOR, COMPOSITOR E CANTOR FRANCISCO IGNÁCIO DA SILVA NETO(TIM), natural aqui de CORUMBÁ-MS, onde nasceu em 28 DE SETEMBRO DE 1925. Era um dos herdeiros de Francisco Ignácio da Silva Filho e de Donatila Gomes da Silva.

SILVA NETO era viúvo da inesquecível Sra. JOSEFINA POR DEUS DA SILVA e deixa três filhos: SÉRGIO POR DEUS IGNÁCIO DA SILVA, RENATO e o FRANCISCO ALBERTO, que lhe deram netos e netas. Teve dois irmãos: Ana Gomes da Silva e José Ignácio da Silva. Era genro de Alberto Por Deus e de Tarcila da Cunha e Cruz Por Deus, descendente de um dos heróis da Retomada, "Cunha e Cruz", que dá nome a uma das ladeiras que dá aceso ao Porto Geral de Corumbá.

O pranteado era formado Contabilista pela Escola Técnica de Comércio de Corumbá, tendo estudado antes no Colégio Salesiano de Santa Teresa e também no Colégio Maria Leite. Durante 29 anos teve várias funções na RÁDIO DIFUSORA MATO-GROSSENSE, situada em Corumbá, onde permaneceu até 1970. Foi junto com Clio Proença, meu diretor nos anos 1968/1969, quando eu e JOTA AGUILAR apresentávamos os noticiários da emissora pioneira.

Francisco Ignácio da Silva Neto Tim era um verdadeiro amante da música, pois tocava vários instrumentos, com destaque para o seu inseparável VIOLINO nas festas, comemorações e nas antigas serestas, inclusive na NOITE DA SERESTA durante os dois primeiros Governos do Prefeito RUITER CUNHA DE OLIVEIRA, se apresentado no Coreto da Praça da Independência, ao lado do seu amigão ZEZÉ MAURO AO VIOLÃO. E dentro de suas composições em parceria com Clio Proença destacamos: Cantiga de Amor a Corumbá; Silêncio Noturno; Flor de um Sonho; "Pra não Dizer que não Falamos de Protesto; Pingo de Chuva; Turista; Balões de Sonho; Rainha de Mato Grosso, dentre outras belíssimas composições".

Em 1976 Silva Neto se aposentou pelo INSS e aceitou convite para assumir o cargo de Assessor de Governo da Administração do Prefeito ARMANDO ANACHE, tendo sido depois um dos assessores do deputado corumbaense na Assembleia Legislativa de MS, a partir de 1983 em Campo Grande-MS.

Marcou época com sua crônica diária na radiofonia corumbaense, em especial no programa do JONAS DE LIMA, "BOM DIA PARA VOCÊ..."

Deixa extensa folha de excelentes serviços prestados na área da Contabilidade; foi destacado membro do LIONS CLUBE DE CORUMBÁ, onde foi inclusive presidente em 1977 e muito contribuiu para divulgação de nossa região, da nossa música regional e da arte da sua amada Capital do Pantanal.

Vá com DEUS amigo TIM, nossos sentimentos a família enlutada e muita luz e paz a sua Alma.