Cultura

Município apresenta Banho de São João para equipe do Ministério do Turismo

Fonte: Da assessoria PMC em 08 de Junho de 2017

Na Prefeitura, os servidores do MTur conheceram detalhes da festa do Banho de São João.

Renê Marcio Carneiro/PMC

Incluída no calendário nacional dos festejos juninos do Ministério do Turismo (MTur), Corumbá recebe ao longo de toda esta semana uma equipe ministerial. Os servidores vão conhecer os preparativos do Arraial do Banho de São João e definir o roteiro da Press Trip que vai acompanhar a festa corumbaense.

"O objetivo da Press Trip virá a Corumbá para desenvolver ações de promoção, comercialização e de comunicação para os destinos selecionados. Vamos trazer jornalistas para conhecer o destino, as atrações e o próprio festejo. Nessa precursora, vamos conhecer os equipamentos e definir detalhes para apresentarmos o que há de melhor na cidade e o festejo. Virão jornalistas de veículos nacionais da própria Comunicação do Ministério do Turismo", explicou Nayara Marques, turismóloga do Ministério. "Vamos publicar em sites de turismo e divulgar o destino para outros lugares", complementou o jornalista do MTur, Gabriel Filho.

Na manhã desta quinta-feira, 08 de junho, a equipe da viagem precursora foi recebida pelo secretário Municipal de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques, e pelo assessor especial, José Antonio Assad e Faria, que representou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira. "É muito importante a vinda de vocês para o Município. Entendemos que o turismo é a alavanca para o progresso da cidade", destacou José Antônio. Por sua vez, Cássio da Costa Marques, ressaltou que o "Banho de São João é a manifestação mais autêntica daqui de Corumbá. É uma festa realizada por famílias em devoção ao santo".

Durante a reunião na Prefeitura, os servidores do MTur conheceram detalhes da festa, que tem como ponto alto o banho do santo nas águas do rio Paraguai, realizada na prainha do Porto Geral na noite de 23 para 24 de junho. Também foi apresentado que na segunda gestão do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, o Banho de São João foi registrado como bem imaterial do Estado de Mato Grosso do Sul. Em 2010, também durante administração de Ruiter, teve início o processo que pede o Registro da manifestação religiosa como bem imaterial nacional. Representantes da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul participaram da reunião.

Divulgação a custo zero
A diretora-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, Maria Marjú Azambuja Venturini, destacou que a divulgação do Ministério do Turismo "não tem custo algum para o município. Essa visibilidade dada ao Banho de São João de Corumbá pelo ministério será nacional e internacional. É divulgação é com custo zero para o município".

Por conta de uma ação da Fundação de Turismo do Pantanal, Corumbá foi selecionada pelo MTur, junto com outras quatro cidades brasileiras, para ações de promoção, comunicação e apoio à comercialização da festa do Arraial do Banho de São João. A seleção busca divulgar festejos juninos geradores de fluxo turístico.

O diretor-presidente da Fundação da Cultura de Corumbá, Luiz Mário Cambará, ressaltou que o projeto do Ministério tem grande importância para a cultura corumbaense. "Para o futuro da nossa cultura é importante. A presença do Ministério do Turismo vai refletir nos próximos anos, já traz divulgação nacional e no futuro teremos resultados que vão enriquecer ainda mais o Banho de São João", disse informando que a festa deste ano será de 22 a 25 de junho.

Os servidores do Ministério chegaram à cidade na quarta-feira, 07 de junho, e ficam até o domingo, dia 11. Nesse período, vão percorrer roteiro turístico, cultural e gastronômico da cidade. Estão programadas visitas ao Casario do Porto, Casa do Doutor Gabi, Morro do Cruzeiro, Parque Marina Gattass e passeios de barco pelo rio Paraguai e pela Estrada Parque. Os integrantes da precursora também vão conhecer o trabalho realizado pelas famílias de festeiros que levam a imagem de São João para ser banhada no rio Paraguai.

Festa de São João em Corumbá
Conhecida como "Banho de São João", a festa remonta às origens de Corumbá e tornou-se Patrimônio Cultural Imaterial de Mato Grosso do Sul pela sua singularidade. Na noite de São João a população e turistas ocupam as ruas do Porto Geral. A descida da ladeira se transforma num ritual secular que inclui passar por baixo dos andores, caminhar descalço e banhar as dezenas de imagens conduzidas pelas famílias até as margens do rio Paraguai.

Uma queima de fogos ilumina os céus de Corumbá anunciado a chegada do dia do santo que, segundo a Bíblia, teria batizado Jesus. A parte religiosa, entre outros rituais, tem novenário em família e mastro da bandeira. Os mais de 100 "festeiros" de Corumbá capricham na decoração dos andores e altares domésticos. Seguindo a tradição, as mulheres cuidam dos quitutes juninos e os homens preparam a fogueira. A grande procissão de São João é precedida de pequenas procissões em torno das casas e em volta da fogueira.