Agronegócios

Com fraco desempenho da pecuária, produtores perdem R$ 658 milhões

Fonte: Osvaldo Júnior/CGNews em 16 de Agosto de 2017

Diferentes estatísticas apontam o mesmo cenário: o fraco desempenho da pecuária bovina de Mato Grosso do Sul. Os pecuaristas devem amargar perda de R$ 658,65 milhões neste ano, conforme mostra o VBP (Valor Bruto da Produção), do Mapa (Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária). Isso ocorre em momento de baixa na produção e no preço.

Conforme o Mapa, a pecuária bovina deve movimentar valor bruto de R$ 6,95 bilhões, retração de 8,65% ou de R$ 658,651 milhões na comparação com o montante de 2016, quando o montante contabilizado R$ 7,611 bilhões.

O VBP dos bovinos é o menor dos últimos cinco anos. Em 2013, foi de R$ 6,59 bilhões; em 2014, de R$ 8,97 bilhões; e em 2015, de R$ 8,52 bilhões. Com os resultados de 2016 e de 2017, a atividade apresenta três quedas anuais consecutivas.

Os números da pecuária bovina impactam o desempenho geral da pecuária, cujo VBP, neste ano, será de R$ 22,898 bilhões, de acordo com projeção do Mapa. Este montante completa trajetória de três reduções seguidas: R$ 25,21 bilhões em 2016; R$ 27,89 bilhões em 2015; e R$ 28,41 bilhões em 2014.

Produção - O valor bruto menor se relaciona ao recuo da produção frigorífica. Pelos números da SFA/MS (Superintendência Federal de Agricultura de MS). No acumulado deste ano (janeiro a julho), o Estado abateu 1.837.339 bovinos. Essa quantidade é a menor para o período ao menos desde 2012.

Deste 2013, o volume de abates de bovinos vem caindo ininterruptamente em Mato Grosso do Sul. Conforme os dados da SFA, de janeiro a julho de 2012, foram abatidos 2.183.855. Esse número subiu para 2.369.829 no ano seguinte. Desde então, começou a diminuir. Foram 2.227.650 cabeças em 2014, 1.939.928 em 2015 e 1.885.089 em 2016.

Preços - Além de menor produção, os valores também estão historicamente baixos. Conforme o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), na terça-feira (dia 15), a arroba do boi gordo estava cotada em R$ 41,81. Na mesma data do ano passado, o valor era de R$ 47,73.

Do mesmo modo, o preço recebido pelo produtor de Mato Grosso do Sul retraiu de R$ 141,65 para R$ 123,77 na comparação entre junho de 2016 e de 2017, de acordo com dados da Conab (Companhia Nacional do Abastecimento).