Polícia

Boliviano é preso com 12 kg de cocaína no aeroporto de Campo Grande

Fonte: Danielle Valentim/Midiamax em 19 de Agosto de 2017

Um boliviano de 49 anos foi preso pela PF (Polícia Federal), nesta quinta-feira (17), com 12 quilos de cocaína escondidos na mala. A prisão ocorreu no Aeroporto Internacional de Campo Grande e o preso tinha como destino às Ilhas Maldivas, na Ásia.

À polícia, o homem, que trabalha como corretor de seguros, disse que pegou a droga em Puerto Quijarro, na Bolívia, e que receberia US$ 8 mil, pelo transporte.

A prisão ocorreu durante ronda de rotina no saguão do Aeroporto. Os policiais federais desconfiaram de um homem visivelmente apreensivo, que carregava duas malas grandes envoltas em plástico filme de proteção.

Ao acompanharem a passagem da bagagem pelo aparelho de raio-x, os agentes detectaram a presença de substância orgânica na estrutura das malas, o que indica possível presença de droga.

Em seguida, o homem foi conduzido até a sala da PF no aeroporto, onde abriu as malas, ainda negando a posse da droga, usando como justificativa da viagem um suposto casamento nas Ilhas Maldivas.

Assim que o boliviano retirou os pertences de uma das malas, os agentes perceberam a estrutura violada. O pó branco passou por teste rápido e pesou 12,76 quilos.

Transporte
Na terça-feira (15), o homem viajou de Santa Cruz de La Sierra para Porto Quijarro, onde foi procurado por um homem que lhe entregou as duas malas grandes. Ele atravessou a fronteira e viajou de ônibus de Corumbá até Campo Grande. Da Capital, o homem voaria para São Paulo, Dubai e, por fim, Ilhas Maldivas. Para os gastos, até a prisão, o homem tinha recebido o valor de US$ 1 mil, o restante seria entregue no retorno.

O boliviano informou que trabalha como corretor de seguros. Disse ser casado e ter dois filhos adultos. Ele foi preso em flagrante pelos crimes previstos nos artigos art. 33 e art. 40, Inciso I, ambos da Lei 11.343/2006, estando à disposição da Justiça.