Cidade

Município atua em frentes de pavimentação, habitação e serviços públicos

Fonte: Da assessoria PMC em 24 de Agosto de 2017

Serviços de reperfilamento iniciaram pelo bairro Generoso.

Renê Marcio Carneiro/PMC

Pavimentação, habitação e serviços públicos são três áreas em que a Prefeitura de Corumbá vem trabalhando fortemente ao longo de todo este ano. As ações são executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos. Segundo o secretário Ricardo Ametlla, no que tange aos serviços de pavimentação o Município atua com duas frentes: lajotamento e asfaltamento; além da ação emergencial com tapa-buracos. Frente que já reduziu bastante na cidade.

"Estamos com o reinício do projeto de lajotamento de alamedas e vias. Já lajotamos a alameda Santo Antônio, que fica na parte central da cidade. Estamos abrindo nova frente no bairro Guató, nas alamedas 7 e 8. Também estamos dando a ordem de serviço para lajotamento de todo o Morro da Carlinda, que é um anseio antigo da população, daquela comunidade. Em breve estaremos com obras em andamento lá", disse o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos.

A pavimentação com lajotas é executada com recursos próprios da Prefeitura de Corumbá. A Administração Municipal deve retomar programa de lajotamento executado nas duas gestões anteriores do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira. "Temos várias alamedas a serem pavimentadas com lajotas. Os recursos são necessariamente do Município, 100% em recursos próprios. Encaminhamos ao Fundo Municipal de Investimento Social (FMIS) o reinício do programa ‘Se Essa Rua Fosse Minha', a ser executado com a Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos", adiantou Ametlla.

No que diz respeito à pavimentação asfáltica, a administração do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira atua com o asfaltamento - propriamente dito - de vias e reperfilamento. "Estamos com a pavimentação asfáltica no Guató, por conta dos conjuntos habitacionais Flamboyant I, II e III. Devemos concluir no final de agosto. O projeto é maior tem outras ações na área de drenagem. Estamos concluindo a rua Mato Grosso, no Porto Limoeiro. Temos ainda a ação de reperfilamento, que foi lançada em janeiro no bairro Generoso. Fizemos várias ruas e teve sequência. Dentro das ações do Fonplata, temos mais 100 quadras que serão reperfiladas. Há uma série de pavimentação, tratamentos de pavimentos que entram nos projetos do Fonplata", afirmou o secretário de Infraestrutura.

Ao longo do ano, o município conseguiu reduzir as intervenções emergenciais nas vias feitas com o trabalho de tapa-buracos. "Controlamos a situação, que já está perfeitamente resolvida na sua manutenção. Tentamos diminuir esse serviço com a realização do reperfilamento, recapeamento, com ações que vão vir para apoiar a manutenção das nossas vias. Desenvolvemos projetos para reduzir essa atividade", argumentou o secretário lembrando também da manutenção das estradas dos assentamentos. "Na zona rural temos a manutenção das vias, que em todos os nossos assentamentos estão completamente transitáveis. Foi um trabalho difícil, enfrentando um período chuvoso, e já preparamos para a próxima temporada de chuva", completou o secretário de infraestrutura.

LED na iluminação pública
Ricardo Ametlla destacou que a Administração Municipal colocou "em níveis aceitáveis" os serviços de limpeza pública, iluminação, roçada capinação. "Podemos dizer que esses serviços públicos estão em níveis aceitáveis de execução e manutenção. Foi difícil, pegamos com muitas dificuldades, com serviço paralisado. Hoje Corumbá já tem regularmente os serviços públicos funcionando plenamente para atender a população", observou.

A Prefeitura trabalha com projeto para trocar toda a iluminação pública da cidade por lâmpadas de LED. "É um projeto grande, inovador da administração do prefeito Ruiter Cunha. Seremos o primeiro município de Mato Grosso do Sul a ter 100% da iluminação pública em LED". Ametlla informou que o processo licitatório deve ocorrer nos próximos meses e a conclusão, após o início do procedimento de troca, deve acontece em até um ano e meio. "São 8.400 pontos de iluminação em Corumbá. Essas lâmpadas com vapor de sódio, vapor de mercúrio serão substituídas. O LED pode inicialmente ser mais caro, mas traz retorno para o município. Traz cerca de 50% de economia de consumo de energia. As lâmpadas de LED também trazem luminosidade maior. Se justifica [a implantação] em função da economia. A previsão é de 12 a 18 meses para conclusão total. É um serviço inovador", disse.

Mais moradias
Outra frente de atuação é na redução do déficit habitacional na cidade. A administração do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, além de entregar as unidades habitacionais já concluídas, trabalha na concretização de um novo programa habitacional que prevê a construção de mais de 300 moradias.

"Há uma programação junto à Caixa Econômica Federal para começarmos a entrega das unidades habitacionais do Casa Nova II, Corumbella II e Flamboyant I, II e III. Começaríamos a entrega - aos devidos beneficiados - em setembro com prolongamento até novembro", disse o secretário Municipal de Infraestrutura.

O novo programa habitacional prevê a construção de 357 moradias. "O chamamento já foi publicado. O processo é uma forma de construção diferenciada, moderna, pré-moldada de grande qualidade e com celeridade muito maior que a convencional. É uma novidade que Corumbá trará na forma de construção", finalizou.