Geral

Superintendência do IPHAN realizará o I Encontro do Patrimônio Cultural que acontecerá no Forte Coimbra

Fonte: Assessoria de Imprensa em 31 de Agosto de 2017

IPHAN

O Encontro tem por objetivo a elaboração e desenvolvimento de diretrizes e estratégias de preservação patrimonial.

Essa ação visa atender a prática transversal aos processos de preservação e valorização do patrimônio cultural no âmbito do Iphan, conforme a Portaria nº 137 de 28 de abril de 2016. Outro tema a ser discutido serão as diretrizes presentes na Carta de Recife, cujo documento norteia o desenvolvimento de ações, estabelecimento de parcerias público-privadas e para a certificação de destinos patrimoniais, visando ainda acordos específicos para cada fortificação. A ação também contribuirá para sanar algumas dúvidas da comunidade civil e militar da Vila de Coimbra acerca do que implica um tombamento, sua área de entorno e quais são as competências da instituição, que em 2017 celebra 80 anos de existência, além de discutir o nome do Forte Coimbra como um dos patrimônios listados para candidatura do Conjunto de Fortificações do Brasil pela UNESCO.

O evento terá início dia 04 de setembro de 2017 e contará com apoio do 17° Batalhão de Fronteira e o Campus Pantanal da UFMS, para deslocamento, hospedagem e alimentação. A equipe sairá na manhã do dia 04 para o Forte Coimbra e prosseguirá com as atividades ao longo da tarde.

A abertura do evento será às 17h30 com a palestra do historiador do IPHAN MS - José Augusto Carvalho dos Santos sobre "A breve História do Forte Coimbra - Processo de Tombamento" e logo em seguida a formação do Grupo Temático apresentado pelo arquiteto do Iphan MS - André Vilela Pereira cujo tema será "Procedimento de Fiscalização e Autorização de Intervenções", finalizando a noite com apresentação de cinema, jogos e brincadeiras.

No dia 05 de setembro de 2017 serão criados mais dois Grupos Temáticos: "Organização e Gestão Museológica e Arqueológica" que serão orientados pelos técnicos do Iphan MS, a museóloga Sara Bernal e o arqueólogo Zafenathy de Paiva e "Educação Patrimonial" no qual será discutido a indicação do Forte Coimbra para compor a lista da UNESCO e será apresentado pela chefe da divisão técnica do Iphan MS, Silvia Cedron e a chefe do escritório técnico do Iphan em Corumbá, Edivânia Freitas.