Necrológio

Prefeito Ruiter lamenta falecimento de Fadel Iunes e decreta luto oficial

Fonte: Assessoria PMC em 19 de Setembro de 2017

Com profunda tristeza e consternação, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira lamentou o falecimento do Procurador de Justiça aposentado, Fadel Tajher Iunes, ocorrido nesta terça-feira, 19 de setembro, em Campo Grande.

Filho de Tajher Iunes, natural da Síria, e de Josephina Ismael Iunes, nascida em Corumbá, o corumbaense Fadel Iunes faleceu aos 82 anos vítima de infarto. Figura destacada na vida social sul-mato-grosssense, Doutor Fadel foi uma das principais lideranças do Ministério Público Estadual do MS.

Paralelamente a sua brilhante carreira no Ministério Público, foi ainda membro ativo da maçonaria estadual, com grande reconhecimento e destaque em todo o Brasil. Atualmente era membro fundador da Academia Maçônica de Letras.

O corpo de Fadel Tajher Iunes é velado no Palácio Maçônico Grande Oriente do Brasil, localizado na rua São Félix, 789, em Campo Grande. Ele deixa quatro filhos, nove netos e três noras. Fadel Tajher Iunes deixa viúva Kaly Terezinha Iunes.

Em razão da ilibada carreira e da representatividade que Doutor Fadel sempre exerceu por Corumbá e pela região pantaneira, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira decretou luto oficial de três dias no Município. O decreto será publicado na edição desta terça-feira do DIOCORUMBÁ.

Trajetória
Quando houve a divisão do Estado, apenas onze Procuradores de Justiça faziam parte do quadro de Ministério Público Estadual, entre eles estava Fadel Tajher Iunes.

O Procurador de Justiça aposentado Fadel foi nomeado para o cargo de Procurador-Geral de Justiça em abril de 1994 em substituição ao Procurador-Geral de Justiça Ovídio Pereira, e foi reeleito em 1996 como Procurador-Geral de Justiça.

Fadel Tajher Iunes foi também Procurador-Geral Adjunto e Corregedor-Geral do MPMS. Marcou época na Instituição, pois ajudou a modernizar o Ministério Público de Mato Grosso do Sul.