Cidade

Presidente da Fiems lança em Corumbá o Programa Apoio Produtivo – Associativismo Atuante

Fonte: Assessoria de Imprensa Fiems em 24 de Setembro de 2017

Divulgação

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, lançou, neste domingo (24/09), em Corumbá (MS), o Programa Apoio Produtivo - Associativismo Atuante para fortalecer o setor industrial com foco no suporte sindical e corporativo. "Estamos iniciando esse Programa aqui em Corumbá onde visitamos cada empresa. O intuito é proporcionar um trabalho em conjunto somando as forças do Sistema Fiems com o Sebrae/MS", declarou.

Para o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, é importante trazer os empresários para dentro dos sindicatos e mostrar os serviços disponíveis. "É preciso que o associativismo seja atuante para que se consiga avançar. Por isso, a importância desse esforço no apoio produtivo e na base sindical", afirmou.

O superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, destacou que, no momento em que há mudanças por acontecer, cada vez mais se faz necessário fortalecer a base. "Essa proposta visa mostrar a importância do sistema sindical e dos serviços oferecidos. É momento de buscar mercado, por isso, cada vez mais é importante dizer aos empresários o que cada instituição faz", disse.

Representando os sindicatos industriais de Corumbá, o presidente do Simec (Sindicato da Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Corumbá), Marcelo Di Carli, reforçou que o nome escolhido para o Programa já diz a que veio. "O associativismo nos dá força, por meio dele, conseguimos acompanhar melhor as discussões que envolvem o setor. Essa iniciativa também visa oferecer qualificação ao trabalhador. Então todos ganhamos", disse.

Repercussão
Para o presidente da Faems (Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul), Alfredo Zamlutti Júnior, a escolha de Corumbá para lançar o Programa demonstra a confiança do Sistema Fiems com o setor industrial do município. "Recebemos essa iniciativa e vamos nos empenhar para fazer valer. Vários aspectos estão mudando e nós não podemos ficar na mesmice. Meu apelo é para darmos todo apoio a esse Programa", conclamou.

O presidente da Fetricom (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção, Mobiliário e Montagem de Mato Grosso do Sul), Webergton Sudário da Silva, destacou que atualmente o trabalhador tem reconhecido os esforços do setor empresarial em oportunizar melhorias. "Na conjuntura do País, a qualificação e cada mais exigida. Esse olhar da Fiems com certeza vai melhorar também para o trabalhador, que em consequência de melhor qualificação obterá melhores salários", avaliou.

Para o presidente do Sindicom (Sindicato das Indústrias da Construção e Mobiliário de Corumbá e Ladário), Alfredo Fernandes, o trabalho proposto agora é inédito. "Fizemos essa pesquisa, que foi um trabalho minucioso e com os resultados em mãos vamos colocar em prática. Estamos chamando os empresários e dizendo o temos a oferecer", garantiu.

Assim também pensa o presidente do Siaco (Sindicato das Indústrias da Alimentação de Corumbá), Marisma Soares Santana. "Nos sentimos privilegiados por esse trabalho estar começando por aqui. Sem dúvida as expectativas são as melhores", falou. Para o presidente do Sindiecol (Sindicato das Indústrias Extrativas de Corumbá e Ladário), Edemir Chaim, o Programa vai cada vez mais aproximar os empresários.

"Estamos acolhendo o empresário para fortalecer a base sindical e mostrar o que o Sistema Fiems oferece e o que ele pode e deve usufruir dos serviços", ressaltou Chaim. Já a presidente do Sindivesc (Sindicato das Indústrias do Vestuário de Corumbá), Lenise Arruda Viegas, apontou o fortalecimento dos sindicatos. "Além disso, essa questão de dizer ao empresário o que temos disponível para eles ressalta os benefícios do associativismo", pontuou.

Empresários
O gerente-executivo da mineradora Vale em Corumbá, Antônio Sérgio da Silva Mello, parabenizou a iniciativa da Fiems em desenvolver o trabalho e a classificou como brilhante. "É um Programa que vai trazer fortalecimento das relações, e envolver as empresas de um mesmo segmento, beneficiando a todos", disse, completando que tanto as empresas estarão mais próximas umas das outras quanto os trabalhadores também estarão sendo beneficiados.

Wagner Antônio, gerente de produção da siderúrgica Vetorial em Corumbá, também acredita que o Programa trará fortalecimento das relações. "Importante a iniciativa para conhecermos melhor os serviços e fortalecer as relações", falou. Para o empresário Gonçalo Sidney de Amorim, da Ferraço, o Programa é muito colaborativo. "Acredito que vai ajudar em muito as empresas. A iniciativa é muito boa e as perspectivas são as melhores possíveis", completou.

Para Celso Eduardo da Silva, da JC Mecânica Diesel, que assinou o Termo de Compromisso ao Apoio Produtivo - Associativismo Atuante, acredita que por meio do Programa será possível avançar no associativismo. "É pela união que conseguimos bons resultados e por isso temos de participar", afirmou.

Wendell Sebastião Franco, da WS Franco Comércio e Serviços, disse que o fundamental é todos estejam juntos buscando um mesmo caminho. Para Antônio Paulo Marramed Xavier, sócio-gerente da Corumbá Calcário, disse que está confiante no Programa. "Precisamos de mudanças, pois as exigências são muitas e só por meio do associativismo as articulações ficam mais fáceis", finalizou.

O Programa
Por meio do Programa, o Sistema Fiems junto com o Sebrae/MS, vai oferecer cursos de capacitação, de educação profissional para trabalhadores das indústrias cadastradas em pesquisa presencial realizada em Corumbá entre os meses de julho e setembro deste ano. Além disso, o Sesi vai ofertar atendimento médico-odontológico nas unidades móveis, mas para receber os benefícios a indústria precisa estar associada ao sindicato que representa seu segmento de atividade.

Após o lançamento do Apoio Produtivo - Associativismo Atuante, os empresários tiveram a oportunidade de conhecer os serviços disponibilizados pelo Sesi, Senai e IEL, além de assinar o Termo de Compromisso ao Programa. Também participaram da solenidade de lançamento os diretores da Fiems Ivo Scarcelli, Julião Flaves Gaúna e Altair da Graça Cruz, além dos diretores dos sindicatos industriais de Corumbá Lourival Vieira (Simec) e José Aguilar (Sindivesc).