Política

Com vereador e delegado, PP deve ser o 1º a anunciar nomes para o Governo em 2018

Fonte: Jéssica Benitez/Midiamax em 25 de Setembro de 2017

No próximo sábado (30) o Partido Progressista realiza evento na Câmara Municipal de Campo Grande já com foco nas eleições de 2018. O ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, que é presidente estadual da sigla, adiantou que dois nomes são cogitados para disputar o comando do Estado: o presidente da Câmara de Corumbá, Evander Vendramini e o delegado Valmir Moura Fé.

"Existe medo da parte de adversários que acham que eu possa ser candidato a governador, com esse sistema não sou candidato a governador", explicou. "Também temos um nome fortíssimo para o Senado. Um empresário", disse sem revelar de quem se trata. Já para Câmara Federal, além dele mesmo, há outras duas pessoas em potencial para o partido.

Sobre as parcerias eleitorais que podem ocorrer no ano que vem, ele esclarece que já está tentando viabilizar algumas, incluindo com o PMDB. "Nossa opção é candidatura ou aliança para o governo. Não vamos deixar de dialogar. Já falei com o André (Puccinelli), com o PCdoB, com o Podemos, com o PMN, com o Pros, PT e PDT", contou.

Regional
Em relação ao comando regional do PP, Bernal alega que soube de deputados federais interessados em comandar o diretório, mas com a condição de que ele fosse expulso do partido. "Eu que construí esse partido, era legenda de aluguel, negociada a cada eleição. O PP era insignificante e desde de 2012 em todas as eleições sempre esteve à frente do PMDB, PT e PSDB, vencemos sozinhos enfrentamos o sistema", finalizou.