Política

Lula lidera todos os cenários em nova pesquisa Datafolha

Fonte: Isabella Macedo/Congresso em Foco em 30 de Setembro de 2017

Único cenário desconfortável para Lula é em um possível segundo turno contra Sérgio Moro.

Ricardo Stuckert

Na primeira pesquisa Datafolha após sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Lula aparece na liderança em todos os cenários simulados pela pesquisa Datafolha, que será publicada amanhã (1º.out).

O único cenário simulado mais desconfortável para Lula é em um possível segundo turno, justamente contra o juiz Sérgio Moro, que o condenou em primeira instância pelo caso do tríplex em julho deste ano. Os dois empatariam tecnicamente, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo, que ainda não divulgou todos os números.

Nos cenários em que disputa, o petista tem pelo menos 35% das intenções de voto, salto de cinco pontos percentuais desde a última pesquisa, divulgada no fim de junho. Empatados tecnicamente em segundo lugar estão o deputado Jair Bolsonaro (PSC-SP) e a ex-senadora Marina Silva (Rede), variando entre 16% e 17% e 13% e 14% respectivamente. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Os números dos presidenciáveis estão bem próximos aos da pesquisa passada, quando Bolsonaro tinha os mesmos 16% e Marina tinha 15%.

Os tucanos paulistas Geraldo Alckmin e João Doria, também empatam. Eles têm 8% das intenções de voto, de acordo com a pesquisa, que ouviu 2772 pessoas entre os dias 28 e 29 de setembro. Na pesquisa anterior, o governador do estado tinha os mesmos 8%, enquanto o nome de Doria apresentou ligeira queda, indo de 10% em junho a 8% agora.

Plano B
O PT tem negado ter um "plano B" caso Lula seja condenado em segunda instância e não possa se candidatar. O Datafolha também testou o poder de transferência de votos do ex-presidente e perguntou aos entrevistados se eles votariam em um nome indicado por Lula. Apesar da considerável vantagem sobre os outros candidatos, a transferência de votos do petista - correspondente àqueles que responderam que votariam com certeza em um apadrinhado de Lula - é de apenas 26%.

Em outra pesquisa divulgada em setembro, da Confederação Nacional do Transporte (CNT), encomendada ao MDA, Lula também liderava todos os cenários. Ele aparecia na frente em intenções para primeiro turno tanto na pesquisa estimulada quanto na espontânea. No caso da pesquisa em um possível segundo turno, Lula liderava em todos os cenários em que aparecia.