Fronteira

Cesare Battisti é detido na fronteira de Corumbá com Bolívia

Fonte: Agência ANSA em 04 de Outubro de 2017

Ex-ativista foi condenado à prisão perpétua na Itália

O ex-ativista italiano Cesare Battisti foi retido nesta quarta-feira (4) na fronteira do Brasil com a Bolívia, em Corumbá. Battisti teria sido detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em uma blitz sob um suposta tentativa de evasão de divisas.

Segundo as autoridades brasileiras, o italiano iria tentar se refugiar na Bolívia uma vez que o governo italiano pediu ao brasileiro que anule seu refúgio no país.

Segundo o jornal "O Globo", o advogado de Battisti, Igor Santana, desconhece sobre sua prisão.

Na última semana, a defesa do italiano entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir um habeas corpus e evitar uma extradição para a Itália.

O pedido surgiu dias após a notícia de que o governo italiano está negociando um novo pedido para extraditar o ex-ativista.

Battisti foi condenado à prisão perpétua no país europeu pelo assassinato de quatro pessoas na década de 1970. Ele fugiu para o Brasil e foi preso em 2007.

O STF chegou a autorizar a extradição do italiano, mas o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva permitiu que ele ficasse morando no país. Não há prazo para a definição do caso na Justiça.