Polícia

Policial de MS se joga em cachoeira para salvar mulher de afogamento

Fonte: Danielle Valentim/Midiamax em 06 de Outubro de 2017

Uma mulher foi resgatada da cachoeira do Pirapó, em Amambai, após princípio de afogamento nesta quinta-feira (5). Um Policial Militar Ambiental que fazia rondas nas margens do rio Amambai, para impedir a pesca predatória, viu sinais de que a vítima pedia socorro e se jogou nas águas para salvá-la.

A vítima, acompanhada de seus familiares, estava tomando banho, quando foi arrastada pela correnteza, que é muito forte no local, para o meio da calha do rio e começou a se afogar, pois não sabia nadar.

O Policial, que realizava patrulhamento a pé no local atirou-se nas águas no intuito de salvar a vítima. Ele conseguiu retirá-la da calha do rio, porém, a mulher já havia ingerido muita água e apresentava pouca reação e se encontrava desorientada.

Na margem do rio, depois de alguns momentos, a mulher recuperou-se e se recusou a ir à cidade para receber atendimento médico, oferecido pelo Policial.

Nenhum dos familiares percebeu que a mulher foi arrastada e nem a gesticulação da vítima pedindo socorro. Se não fosse a intervenção imediata do Policial, ela iria submergir e desaparecer nas águas, pois não sabe nadar e no local a correnteza é muito forte.

O Policial estava lá porque a PMA possui um Posto de Fiscalização no local, para prevenir a pesca predatória.