Política

Em vídeo, juiz Odilon dá ponta-pé inicial na disputa pelo governo do Estado

Fonte: Flávio Brito/Capital News em 28 de Outubro de 2017

Reprodução

Juiz federal aposentado convida eleitores a participar com ele da “luta pela moralização, ética e desenvolvimento”.

Em vídeo, o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira se lançou nesta sexta-feira (27) como pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul. "Vou continuar a luta pela moralização, pela ética e pelo desenvolvimento do nosso Estado. Vem comigo", pediu o magistrado, na gravação enviada por ele à reportagem do Capital News. O PDT (Partido Democrático Trabalhista) deve fazer a filiação do juiz aposentado Odilon de Oliveira no próximo dia 11 de novembro. Na gravação de 30 segundos, Odilon é citado como "membro" do partido.

De acordo com os dirigentes do partido, a ideia é realizar uma grande festa para receber Odilon de Oliveira, com a presença do pré-candidato a presidente da República, Ciro Gomes. O pré-candidato ao governo do Estado lembrou ainda aos eleitores seu trabalho de 30 anos como juiz federal no combate a corrupção.

Odilon chegou a ser cotado para a uma vaga no Senado, mas no dia 11 de outubro, o PDT divulgou nota confirmando que o recém-chegado a sigla disputaria o Executivo estadual pelo partido. À época, o deputado federal Dagoberto Nogueira garantiu que Odilon vai se filiar em um partido sério e comprometido com a justiça social, sem envolvimento em escândalos de corrupção e com lideranças corretas.

"Não temos nenhum deputado federal, senador e nem os nossos ex-ministros estão envolvidos em qualquer escândalo. Então isso é algo muito forte no PDT", declarou, complementando que o projeto agora é eleger Ciro Gomes presidente e o juiz aposentado para governador de Mato Grosso do Sul e ampliar as bancadas estadual e federal.