Política

Cumprindo a lei, Câmara dá posse a Marcelo Iunes no cargo de prefeito

Fonte: Assessoria de Imprensa PMC em 01 de Novembro de 2017

Ato para posse de Marcelo Iunes no cargo de prefeito foi conduzido pela Câmara Municipal.

Renê Marcio Carneiro/PMC

Em um ato solene, discreto e num clima de profunda consternação, a Câmara Municipal de Corumbá empossou Marcelo Aguilar Iunes, 46 anos, no cargo de prefeito de Corumbá, na manhã desta quarta-feira, 1° de novembro. A posse segue o que determina a Lei Orgânica do Município e o regimento interno da Câmara sobre a vacância do cargo e convocação imediata do vice-prefeito. O ato aconteceu no plenário do Legislativo corumbaense na presença dos vereadores.

"É uma exigência legal. Esse ato é para cumprir o que determinam a Lei Orgânica do Município e o regimento interno da Câmara. É necessário para que o Município tenha comando nesse momento e para que o Marcelo Iunes, como prefeito, possa assinar decreto declarando luto oficial no Município. Não gostaríamos de fazer isso neste momento de pesar, mas é uma exigência da lei", explicou o presidente da Câmara Municipal de Corumbá, Evander Vendramini. "Lamentamos profundamente o passamento do senhor prefeito Ruiter Cunha de Oliveira", afirmou o chefe do Legislativo corumbaense.

Vendramini leu, durante o ato de posse, o ofício da Secretaria Municipal de Governo, assinado pelo secretário Cássio Augusto da Costa Marques, em que o falecimento do prefeito Ruiter era comunicado ao Legislativo. Na sequência, o presidente daquela Casa de Leis leu o ato 010/2017 em que - cumprindo a determinação da lei - declarou a vacância do cargo de prefeito e convocação imediata do vice-prefeito.

Num rápido discurso, após fazer o juramento que o empossou no cargo de prefeito, Marcelo Iunes destacou que vai dar sequência ao trabalho que era realizado por Ruiter para honrar o mandato para o qual ele e Ruiter foram eleitos.

"Quero aqui dizer que aquele que podia ser o dia mais feliz da minha vida, pois tenho um projeto político, infelizmente é um dia muito triste. Ruiter foi um guerreiro, lutou pela vida, mas infelizmente não conseguiu. Infelizmente aconteceu essa fatalidade. Afirmo aqui aos vereadores que vamos trabalhar e dar continuidade ao trabalho que o prefeito Ruiter vinha fazendo em nosso município. Meu coração sabe que o Ruiter vai estar lá em cima olhando por nosso mandato. É nosso mandato, meu e do Ruiter, conseguimos isso através de votos da população. Vamos dar continuidade ao trabalho dele e quero contar com apoio da Câmara Municipal, assim como ele contava", declarou Iunes.

O primeiro ato de Marcelo Iunes é o decreto de luto oficial por cinco dias e ponto facultativo nas repartições municipais na sexta-feira, 03 de novembro. Iunes foi vereador por três mandatos consecutivos e foi presidente da Câmara no período de 2013 a 2014.