Política

Saúde e geração de empregos serão prioridades do prefeito Marcelo Iunes

Fonte: Da assessoria PMC em 07 de Novembro de 2017

Marcelo Iunes garantiu continuidade ao trabalho iniciado por Ruiter.

Renê Marcio Carneiro/PMC

Em sua primeira entrevista coletiva à frente do Executivo municipal, o prefeito Marcelo Iunes colocou a saúde e a geração de empregos como prioridades de sua gestão, que começou na última quarta-feira, com o óbito de Ruiter Cunha de Oliveira. Acompanhado pelo presidente da Câmara de Vereadores, Evander Vendramini, e do secretário municipal de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques, Marcelo atendeu a imprensa local e respondeu sobre diversos temas.

O primeiro foi com relação ao concurso público, que deve ser realizado no começo de 2018. "O processo está em andamento e estamos com previsão de que seja realizado no início do próximo ano, com prioridade aos professores. Foi feito um levantamento com toda Administração e se apurou onde há necessidade de mais servidores", esclareceu o procurador geral do Município, José Luis de Aquino Amorim.

Questionado sobre o impasse em relação ao estádio Arthur Marinho, Iunes reafirmou que o Município fez tudo o que podia para garantir a adequação e ampliação da principal praça esportiva da cidade. "A LEC pediu um ofício solicitando a doação do estádio para o Município, mas infelizmente sete diretores votaram contra a reforma e ampliação do estádio. Que pena. Eles queriam que desapropriássemos a área, mas não vamos fazer isso. O dinheiro que gastaríamos para isso é o mesmo que temos para reformar e ampliar o estádio", detalhou.

O prefeito afirmou ainda que já conseguiu reverter para a Saúde uma emenda de R$ 600 mil, inicialmente destinada ao estádio. "Conversei com o deputado Elizeu Dionísio e conseguimos manter toda essa emenda e destiná-la para a Saúde. Ainda temos deputados federais e senadores que querem apoiar na questão do estádio, mas infelizmente esses diretores não entendem que emendas não podem ser aplicadas em propriedades particulares. Temos esperança que eles mudem de opinião e façam essa doação para o município. Mas se eles estiverem esperando essa desapropriação, infelizmente isso não vai acontecer".

Marcelo Iunes garantiu também que vai seguir o cronograma de entrega de unidades habitacionais anunciado por Ruiter Cunha. "Dia 1º vamos entregar as primeiras 200 casas do Jatobazinho e, um pouco mais pra frente, as casas do Corumbella II, que estão praticamente prontas". Ele ainda assegurou que fará de tudo para entregar as unidades do conjunto Flamboyant, no Guató, ainda neste ano. "Em um ou dois meses Corumbá vai ter 1200 casas entregues para a população que muito necessita", reforçou.

Saúde
"A minha maior preocupação sempre foi e vai continuar sendo a saúde, poder dar a essas pessoas que necessitam de serviço público da saúde um atendimento mais digno", afirmou Marcelo Iunes durante a entrevista coletiva. Segundo ele, a população ainda reclama do atendimento nas Unidades Básicas e na demora para realização e resultado de exames e que toda equipe estará empenhada para solucionar essas situações.

"Sei que melhoramos bastante, mas quero que melhore muito mais. Falta de medicamento por causa de licitação, não teremos mais esse problema. Não podemos deixar faltar remédios necessários a população. Minha maior preocupação e meu legado será na área de saúde", completou. Iunes também afirmou que vai agir para aumentar a quantidade de escolas em tempo integral na Rede Municipal de Ensino.

Empregos
"Corumbá precisa, todos nós sabemos, de geração de empregos. Só depender de Poder Público, da Vale da Vetorial é pouco para uma cidade de 110 mil habitantes. Precisamos que venham mais empresas para gerar emprego aqui. Vou a Brasília conversar com os deputados federais para ajudarem a ir ao plenário Corumbá ter a zona franca, que já foi aprovada até na comissão de constituição de justiça", concluiu o prefeito de Corumbá.