Polícia

Nervosismo denuncia e ‘batedor’ entrega tio com carga de cocaína

Fonte: Clayton Neves/Midiamax em 17 de Novembro de 2017

Divulgação/PRF

Nervosismo de um homem de 53 anos durante abordagem da PRF (Polícia Rodoviária Federal), na madrugada desta sexta-feira (17), levantou desconfiança dos policiais. Após investigação, equipe constatou que o homem era ‘batedor' do comparsa que tarnsportava 12 quilos de cocaína.

De acordo com informações da PRF, a fiscalização aconteceu na BR-262. em Miranda, distante 203 quilômetros de Campo Grande. Um Celta com placas de Campo Grande, foi abordado e, durante conversa, o condutor de 53 anos se mostrou nervoso e não soube explicar os motivos da viagem.

Em busca no veículo os policiais não encontraram nada ilícito. No entanto, durante a fiscalização, o homem recebeu várias ligações e mensagens de texto, o que levantou suspeitas dos policiais de que ele poderia estar fazendo serviço de batedor.

Os policiais rodoviários federais então utilizaram do veículo e seguiram até o km 596 onde um homem de 24 anos ao avistar o Celta saiu da mata, onde estava escondido, e se dirigiu ao carro, momento em que os policiais realizaram a abordagem.

O rapaz estava com uma mochila de couro e dentro 13 tabletes de cocaína que pesaram 12kg. Questionado ele afirmou que estava na mata aguardando o motorista do Celta, seu comparsa e tio, para então seguirem viagem para Campo Grande.

O homem mais velho disse que ambos pegaram a droga próximo ao Aeroporto de Corumbá e a levariam para Campo Grande/MS, onde receberiam pelo transporte. Nenhum dos dois soube informar quem os havia contratado.

Os dois homens, o veículo e a droga foram encaminhados à Polícia Civil de Miranda.