Política

Presidente da Câmara cobra instalação de loja ou posto de atendimento da Oi

Fonte: Da Assessoria CMC em 20 de Novembro de 2017

A falta de uma loja da empresa de telefonia Oi, ou mesmo de um posto de atendimento presencial na cidade, tem causando constantes transtornos à população corumbaense, principalmente quando o assunto se refere a telefonia móvel.

O assunto voltou a ser debatido na Câmara Municipal de Corumbá e o vereador e presidente da Casa de Leis, Evander Vendramini (PP), está acionando a direção da empresa, solicitando providências para que a cidade volte a contar com uma loja, ou mesmo um posto de atendimento presencial, conforme a legislação.

Evander Lembra que pela Resolução nº 632/2014 da Anatel, todas as prestadoras de serviço de telefonia devem disponibilizar duas formas de atendimento: remoto (à distância) e no estabelecimento (presencial).

Nesse caso específico da Oi, o atendimento disponibilizado na cidade tem sido o remoto, feito por meio de Centro de Atendimento Telefônico (call center) e pela Internet. "O que estamos cobrando é o atendimento presencial, feito em lojas próprias, ou em um posto de atendimento, e até mesmo em um estabelecimento associado à marca da prestadora, próprio ou disponibilizado por meio de contratos com terceiros, mas que explorem exclusivamente a marca da prestadora do serviço, no nosso caso, a Oi".

"Hoje não contamos mais com uma estrutura local da Oi para solucionar os problemas que ocorrem, e isto tem gerado constantes reclamações por parte da população. Na própria página oficial da empresa, na Internet, estão disponibilizados os números dos telefones para atendimento ao consumidor, os canais de atendimento online, bem como o atendimento presencial nas lojas e postos de atendimento. Mas, este último serviço não existe em Corumbá e é isto que estamos cobrando", reforçou.

A cobrança do vereador está sendo encaminhada ao Executivo de Relações Institucionais da OI/Telemar, João Henrique de Abreu. Além da implantação de uma loja ou posto de atendimento ao público em Corumbá, Evander solicita também um levantamento dos aparelhos de telefones públicos (orelhão) na cidade.

"Existem muitos orelhões espalhados pela cidade, não só na área urbana, em total abandono. Este levantamento é necessário para que sejam feitos os reparos e higienização dos orelhões, para melhor atender a população corumbaense", cobrou.

Trânsito
Outra solicitação de Evander se refere a melhorias no trânsito da cidade. O pedido é para que a Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), instale um semáforo no cruzamento das ruas Cabral e 15 de Novembro, no centro da cidade.

"São duas vias com grande fluxo de veículos, o que torna o trânsito no local bastante perigoso. Além dos acidentes envolvendo veículos, tem ocorrido atropelamentos, inclusive com vítimas fatais", disse, lembrando que a última vítima foi Wilson Pereira Silva, popularmente conhecido como "Tabuia", personagem folclórico em Corumbá.