Política

Líder do PMDB confirma André Puccinelli na presidência do partido

Fonte: Ricardo Campos Jr. e Leonardo Rocha/CGNews em 21 de Novembro de 2017

Deputados estaduais do PMDB se reuniram na manhã desta terça-feira (21) para definir os rumos da convenção estadual marcada para 2 de dezembro e o posicionamento dos parlamentares acerca da reforma da previdência, que foi apresentada pelo governo e está tramitando na casa.

O líder do partido no Legislativo, Eduardo Rocha, garantiu que André Puccinelli irá assumir o comando da legenda e confirmou que o prefeito de Costa Rica, Waldeli Rosa, irá se filiar conforme o prometido.

Em entrevista ao Campo Grande News no sábado, Rosa colocou uma incógnita na saída do PR e disse que só iria entrar no PMDB se tivesse garantias de que seria o plano B nas eleições de 2018 caso o ex-governador não pudesse se candidatar.

"Vai vir para o partido sim e será uma das opções ao governo estadual", disse Eduardo Rocha. Segundo ele, o gestor de Costa Rica foi procurado por representantes da sigla e confirmou a migração, que deve reforçar as bases no interior.

Sobre a reforma, o deputado estadual afirmou que o projeto pode sofrer algumas mudanças no decorrer da tramitação, sem adiantar quais. Segundo ele, a medida será para buscar o consenso na Casa e o apoio dos próprios servidores para que seja votado ainda este ano.

Entre as principais mudanças, o Executivo pede aumento na contribuição dos funcionários públicos de 11% para 14% e na taxa patronal, recolhida pelo governo, de 22% para 28%. Além disso, será criado um teto de aposentadoria que só vai valer para os funcionários novos. Quem quiser receber mais ao fim da carreira, deverá abrir uma previdência complementar.