Política

Na Câmara, vereador pede inclusão de Corumbá na rota da Amaszonas

Fonte: Assessoria Câmara em 22 de Novembro de 2017

O retorno de voos comerciais no trecho entre Corumbá e Campo Grande volta à pauta de discussões na Câmara Municipal, a partir de uma solicitação do vereador Manoel Rodrigues (PRB) dirigida à direção da empresa aérea Amaszonas, que está retomando suas operações no Mato Grosso do Sul.

O pedido foi aprovado na sessão de terça-feira, 21, pelo Poder Legislativo corumbaense. No expediente endereçado à representante da Empresa Línea Aérea Amaszonas - Compañia de Servicios de Transporte Aéreo, em Campo Grande, Camila Ricci Gonçales Gardin, Manoel quer saber a viabilidade da implantação de voos comerciais partindo de Campo Grande à Corumbá e de Campo Grande à Puerto Soares, na Bolívia.

"A demanda do transporte aéreo de passageiros mais do que triplicou nos últimos dez anos, e a necessidade da criação de novas rotas para voos comerciais são relevantes para fomentar a economia do nosso município, seja na área de turismo, comércio, indústria, desenvolvimento e geração de novos empregos, encurtando distância e facilitando o acesso da capital para o interior", justificou Manoel.

O vereador questionou também a possibilidade da implantação de uma rota entre Campo Grande e Puerto Suarez. "Isto seria de extrema importância e vai beneficiar os moradores da fronteira brasileira e boliviana", comentou.

Manoel ressalta que, dias atrás, o governador Reinaldo Azambuja concluiu negociações com a Amaszonas para voos regulares partindo do Aeroporto Internacional de Campo Grande para Assunção, no Paraguai, com possibilidade de conexão para cidades da Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos, Panamá, Paraguai e Uruguai.