Política

Prefeitura repassa recursos para entidades carnavalescas; investimento é de R$ 900 mil

Fonte: Da assessoria PMC em 29 de Novembro de 2017

Prefeito Marcelo Iunes fez primeiro repasse durante solenidade nesta manhã.

Gisele Ribeiro/PMC

A Prefeitura de Corumbá fez nesta quarta-feira, 29 de novembro, o primeiro repasse de recursos financeiros para as entidades carnavalescas. O Executivo Municipal destinou R$ 350 mil para a Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco); Liga Independente dos Blocos Carnavalescos de Corumbá (Liblocc) e União dos Cordões Carnavalescos (UCC). O montante é para custeio da preparação para os desfiles de rua de cordões; blocos oficiais e escolas de samba. O dinheiro estará liberado nas contas bancárias até o dia 08 de dezembro.

Na solenidade desta manhã, a Prefeitura repassou R$ 200 mil para a Liga das Escolas de Samba. A Liga dos Blocos Oficiais recebeu R$ 110 mil e a União dos Cordões teve direito a R$ 40 mil. Liesco, Liblocc e UCC farão a distribuição para cada agremiação filiada. O Município ainda fará mais dois repasses. Um até o dia 26 de dezembro exclusivamente para a Liesco. O outro acontecerá até 26 de janeiro de 2018 e contemplará as três entidades representativas. Ao todo, o Município investirá R$ 900 mil nas agremiações.

Presidente da Liga Independente das Escolas de Samba, Zezinho Martinez, destacou o esforço da Prefeitura em viabilizar o carnaval do ano que vem. "A quase 70 dias do carnaval, vemos o grande esforço do prefeito Marcelo Iunes em nos garantir recursos. O carnaval de Corumbá é a maior festa do Mato Grosso do Sul, gera renda para a população e divulga positivamente a cidade e o estado. O carnaval de Corumbá agradece", disse o dirigente.

Em 2018, o carnaval será de 08 a 13 de fevereiro. As escolas de samba desfilam no domingo e segunda, dias 11 e 12. O desfile dos blocos oficiais acontece no sábado, 10 de fevereiro. Os cordões carnavalescos se apresentam na terça-feira, dia 13.

Toda a verba repassada para as agremiações carnavalescas respeitará o que determina a Lei Federal 13.019/2014, explicou o diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, Luiz Mário do Nascimento Cambará. "Seguindo orientação do prefeito Marcelo Iunes vamos firmar Termos de Colaboração para o repasse dos recursos", informou.

O Termo de Colaboração é o instrumento por meio do qual são formalizadas as parcerias estabelecidas pela administração pública com organizações da sociedade civil para a consecução de finalidades de interesse público e recíproco propostas pela administração pública que envolvam a transferência de recursos financeiros.

A lei 13.019/2014 estabelece o regime jurídico das parcerias entre a Administração Pública e as organizações da sociedade civil, em regime de mútua cooperação, para execução de finalidades de interesse público e recíproco. Também define diretrizes para a política de fomento, de colaboração e de cooperação com organizações da sociedade civil.

Investimento que traz retorno
Após formalizar a destinação dos recursos, o prefeito Marcelo Iunes enfatizou que o investimento no carnaval tem enorme retorno para o município. "É dinheiro do orçamento da Cultura, não estamos tirando da educação, saúde ou segurança. Esse investimento nos traz retorno, gera movimentação financeira na faixa de R$ 12 milhões em recursos injetados na economia corumbaense, gera emprego e renda para a nossa gente", afirmou o chefe o Executivo ao estimar que todo o evento receba investimentos que podem chegar a R$ 4 milhões.

Iunes adiantou que mesmo em um período de crise financeira, que vive o país, a Administração Municipal fez uma série de ajustes para viabilizar a verba às entidades carnavalescas. Ele ressaltou que irá buscar apoio maior do Governo do Estado para a festa de Momo.

"Somos o melhor carnaval do Centro-Oeste e um dos melhores do Brasil. A festa movimenta a cidade, traz turistas. Com isso em mente, fizemos os ajustes necessários para os repasses. Percebemos a necessidade de movimentar a preparação do carnaval. É difícil porque muitas empresas que podiam ajudar não ajudam. Vamos buscar o Governo do Estado para um apoio maior. Não é apenas o nome de Corumbá que é levado para o Brasil, mas também o do Mato Grosso do Sul. Creio que seja possível o Estado nos ajudar mais. Vão nos viabilizar um show com atração nacional para o carnaval. Mas, vamos discutir para que invistam mais", finalizou o prefeito.

Veja como ficou o cronograma dos repasses
**Repasses de hoje, 29 de novembro. Dinheiro que cairá nas contas bancárias das entidades representativas até o dia 08 de dezembro.
Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (LIESCO) - R$ 200 mil
Liga Independente dos Blocos Carnavalescos de Corumbá (LIBLOCC) - R$ 110 mil
União dos Cordões Carnavalescos de Corumbá - R$ 40 mil
A Liesco receberá até 26 de dezembro mais R$ 100 mil para completar 50% do total a ser repassado.

**Até 26 de janeiro serão depositados os demais 50% para as entidades carnavalescas.
LIESCO - R$ 300 mil
LIBLOCC - R$ 110 mil
União dos Cordões - R$ 40 mil.

** Só para as entidades carnavalescas a Prefeitura vai repassar R$ 900 mil. O quadro do repasse ficará assim:
LIESCO - vai receber total de R$ 600 mil
LIBLOCC - vai receber R$ 220 mil
União dos Cordões - vai receber R$ 80 mil.