Geral

Bombeiros iniciam 4º dia de buscas ao piloteiro desaparecido, pela superfície do Paraguai-Mirim

Fonte: Da Redação em 28 de Dezembro de 2017

Os Bombeiros iniciaram na manhã dessa quinta-feira (28), o quarto dia das buscas a Márcio Antônio Rodas Franco de 25 anos, desaparecido desde do dia 24 de Dezembro quando o barco em que estava fez uma curva no Rio Paraguai-Mirim e veio a cair da embarcação.

A equipe de busca realiza buscas pela superfície, pois com 72 horas do desaparecimento o corpo poderá "boiar", eles iniciaram abaixo do local do incidente para depois chegar na confluência do Rio Paraguai onde também percorrerão um longo trecho, já que a área de busca é muito extensa e tem trechos onde o rio sai do leito normal formando pequenos canais além de muito camalote próximo as margens.

O local do desaparecimento tem uma largura muita extensa de aproximadamente 200 metros e a profundidade nesse trecho chega a 12 metros, de acordo com os mergulhadores, não há visibilidade e devido as chuvas a correnteza estava muito forte, ocasionando o acumulo de detritos como: troncos de árvores e camalotes, outro fator é a constante presença de mosquitos que faz da operação ser bastante inóspita.

O barco em que Márcio estava não chegou a afundar, segundo uma testemunha, a embarcação rodou e ficou em círculos, em volta dele, quando o mesmo caiu na água, onde provavelmente o motor de popa ou próprio barco ter atingido o mesmo.

Além disso, o piloteiro não usava colete salva vidas e a trava de segurança usada para desligar o motor de popa caso a pessoa caia na água ou se afaste do barco. Ainda de acordo com os familiares, Márcio fez uso de bebida alcoólica durante o dia antes do incidente. (Com informações do 3ºGB)