Geral

Brasileiro tem camionete roubada em Porto Quijarro e recuperada no dia seguinte

Fonte: Da Redação em 29 de Janeiro de 2018

O veículo foi entregue na faixa de fronteira pelas policias dos dois países.

Divulgação/6ºBPM

Um brasileiro que teve sua camionete roubada na Bolívia, conseguiu recuperar seu veículo, após uma intensa procura realizada pelo Departamento de Investigação e Combate ao Roubo de Veículos da Bolívia (Diprove). A pick-up Toyota Hilux foi roubada no dia 19 de janeiro, quando o proprietário estava realizando compras em Porto Quijarro.

O brasileiro foi abordado por dois indivíduos no momento em que se aproximava do veículo, os bandidos estavam armados, eles anunciaram o assalto e levaram a camionete, horas depois a Diprove foi informada sobre o assalto e deu início às diligências, que por sua vez encerraram-se na noite do dia seguinte, sábado 20.

Uma denúncia anônima informou que havia uma camionete com as mesmas características nas imediações do Bairro 27 de Mayo, porém no local foi encontrado um dos autores do furto de 32 anos, que revelou onde estava seu comparsa de 36 anos que sabia do paradeiro do veiculo.

No local indicado, os agentes encontraram o segundo autor que estaca com a chave de ignição do veículo. Durante entrevista o segundo indivíduo informou a equipe policial sobre o local onde a camionete estaria escondida, sendo encontrada posteriormente.

No interior da caminhonete foram encontradas dois revólveres de calibres 32 e 38 e uma mochila com roupas e documentos da vítima. Após os procedimentos cabíveis, o veículo foi devolvido ao proprietário na fronteira entre os dois países, a Polícia Militar foi acionada para realizar a escolta do mesmo até Corumbá.

O comando do 6º batalhão de Polícia Militar, destaca o trabalho realizado entre as polícias boliviana e brasileira, pois tem apresentado resultados positivos, no que diz respeito a recuperação de veículos roubados e/ou furtados no Brasil que são atravessados para o país vizinho e na detenção de autores, trazendo para a população de ambos os países uma maior atenção proporcionando mais segurança e paz social. (Com informações do 6ºBPM)