Fronteira

Coiotes são preso por cobrar R$700 para que chineses entrassem no País por MS

Fonte: Clayton Neves/Midiamax em 30 de Janeiro de 2018

Brasileira e um cidadão da Grécia foram presos na madrugada desta terça-feira (30) durante fiscalização de rotina da Polícia Federal na BR-262, em Corumbá. Informações da PF dão conta de que o casal foi flagrado promovendo a entrada de cinco chineses no País por Mato Grosso do Sul. Pelo serviço eles receberam R$700 de cada estrangeiro.

À polícia, a brasileira contou que levaria o grupo da Bolívia até Bonito de maneira ilegal. O comparsa da autora tinha nacionalidade grega, mas mora no Brasil. Presos em flagrantes, os dois foram indiciados por crime de imigração ilegal com pena de 2 a 5 anos de prisão e multa. O casal foi encaminhado à Justiça Federal de Corumbá.

Na mesma fiscalização uma haitiana foi detida num ônibus intermunicipal ao apresentar documentação de imigração falsificada aos policiais. Ela disse que não conseguiu autorização para a entrada no País por não possuir os documentos necessários. Ela seguia para Curitiba, no Paraná.

Ela foi indiciada pelo crime de uso de documento falso, com pena de reclusão de 2 a 6 anos e multa.